Socorro do Piauí - PI

MPF investiga irregularidades na prefeitura de Socorro do Piauí

A portaria nº 77 foi assinada no dia 5 de dezembro pelo procurador da República, Kelston Pinheiro Lages.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O Ministério Público Federal no Piauí instaurou inquérito civil para investigar irregularidades no município de Socorro do Piauí, que tem como prefeito José Coelho Filho, mais conhecido como Zitim. A portaria nº 77 foi assinada no dia 5 de dezembro pelo procurador da República, Kelston Pinheiro Lages.

O objetivo é investigar a execução de serviços de locação de veículos, licitado pela Prefeitura de Socorro do Piauí, a ser prestado por T. L Carvalho Lopes/EPP, vez que, a despeito de efetuados diversos pagamentos, não houve a prestação efetiva dos serviços.

  • Foto: Facebook/Zitim CoelhoPrefeito ZitimPrefeito Zitim

O representante do MPF determinou expedição de ofício à Prefeitura de Socorro do Piauí para que, no prazo de 10 dias úteis, preste esclarecimentos acerca dos fatos noticiados na representação.

Outro lado

O prefeito Zitim disse ao GP1, na noite desta terça-feira (11), que a prefeitura já enviou os esclarecimentos ao MPF: " Não existe isso não, a empresa prestou os serviços e tudo já foi encaminhado ao Ministério Público Federal", garantiu.