Teresina - PI

Mudança da rede de energia é iniciada na obra do viaduto da Tabuleta

Inicialmente será feita a implantação de novos cabos na rede com capacidade de transmissão da energia, que deixará de passar na área da obra do elevado.

- atualizado

Foi o iniciado trabalho de remanejamento da rede de energia que passa pela rotatória da Tabuleta, possibilitando a execução das últimas etapas da obra do viaduto ligando as avenidas Barão de Gurgueia e Henry Wall de Carvalho. A ação na rede elétrica está sendo realizada pela Equatorial Piauí em parceria com a Prefeitura de Teresina.

Segundo explica o superintendente da SDU Sul, Paulo Roberto, o que está sendo feito inicialmente é a implantação de novos cabos na rede com capacidade de transmissão da energia, que deixará de passar na área da obra do elevado.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Viaduto da tabuleta em Teresina Viaduto da tabuleta em Teresina

“O cronograma que a empresa nos apresentou tem 90 dias de duração, mas nos garantiram que vão realizar todos os esforços possíveis para que seja concluído antes. Esse prazo mais alongado é pela necessidade de seguir uma série de regras, como um intervalo de pelo menos cinco dias entre um desligamento e outro, entre outras coisas”, explicou o superintendente.

Assim que o trabalho na rede elétrica for finalizado faltarão apenas três ações para a conclusão da obra: trabalhar a drenagem do local, implantar a estrutura de ligação entre as duas bases já construídas e fazer a rotatória na parte de baixo do elevado.

Ainda de acordo com Paulo Roberto, o objetivo é concluir ainda em 2020, mas ressaltou que o ponto mais importante é realizar tudo com o máximo de qualidade e segurança. “Essa é uma obra fundamental para mobilidade urbana da região e da cidade como um todo. Fará importante ligação do corredor de tráfego do Centro com a zona Sul e facilitará bastante o tráfego naquele local”, pontua.

O investimento na construção do viaduto é superior aos R$ 25 milhões com recursos do Governo Federal, com a contrapartida da Prefeitura de Teresina.

Mais conteúdo sobre: