Mundo

Neta de Bobby Kennedy morre aos 22 anos; imprensa fala em overdose

A imprensa americana afirmou que ela aparentemente foi vítima de uma overdose.

Por  Estadão Conteúdo

Saoirse Kennedy Hill, neta do histórico líder democrata Robert "Bobby" Kennedy, morreu nesta sexta-feira, 2, em Hyannis Port, em Massachusetts, na propriedade onde vivia com a avó, Ethel Kennedy. A imprensa americana afirmou que ela aparentemente foi vítima de uma overdose.

Bobby Kennedy foi assassinado quando buscava a indicação para a candidatura à presidência dos Estados Unidos em 1968, cinco anos depois do assassinato de seu irmão, o presidente John F. Kennedy.

  • Foto: InstagramSaoirse Kennedy HillSaoirse Kennedy Hill

O jornal The New York Times, que citou fontes da família, informou que o serviço médico de emergência foi chamado ao complexo residencial em que Saoirse morava. Ela foi levada para um hospital, onde foi declarada morta.

"Nossos corações estão partidos com a perda de nossa amada Saoirse", afirmou a família Kennedy em um comunicado. "Sua vida foi cheia de esperança, promessa e amor."

Quando estava no ensino médio, Saoirse escreveu para o jornal de seu colégio sobre a luta contra a depressão e problemas mentais. Ela era a única filha de Paul Michael Hill e Courtney Kennedy Hill - a quinta filha de Ethel e Bobby.

Apesar das tragédias que a perseguem há décadas, a família Kennedy permanece ativa na política americana. Joe Kennedy III, neto de Bobby Kennedy, entrou em 2013 para a Câmara dos Deputados.

Se a causa da morte de Saoirse for confirmada como overdose, será o segundo caso da família Kennedy de morte pelo excesso de drogas. David Kennedy, filho de Robert F. Kennedy e tio de Saoirse, morreu em 1984, aos 29 anos, após uma combinação fatal de cocaína e remédios controlados.