Teresina - PI

Oliveira Neto diz que escolha de Clemilton teve aval de Wellington

“É muito cedo para atirar pedra, para estar falando que o presidente Clemilton não representa, não vai fazer um bom trabalho porque tem menos de um mês que assumiu", disse Oliveira.

Germana Chaves
Teresina
- atualizado

O deputado estadual Oliveira Neto (Cidadania), responsável pela indicação de Clemilton Queiroz para a Fundação de Esportes do Piauí (Fundespi), rebateu as declarações do também deputado Warton Lacerda (PT) que, nesta quarta-feira (22), disse ao GP1que não se sente representado com a escolha para o órgão que cuida do esporte do Estado.

Oliveira afirmou que é cedo para “atirar pedra” e ponderou que Clemilton foi uma escolha feita pelo Cidadania e chancelada pelo governador Wellington Dias (PT) que é quem dá a palavra final.

“É muito cedo para atirar pedra, para estar falando que o presidente Clemilton não representa, não vai fazer um bom trabalho porque tem menos de um mês que assumiu. Ele foi uma aposta nossa, uma aposta do governador, para aquela pasta”, rebateu o parlamentar do Cidadania.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Oliveira Neto Oliveira Neto

Oliveira Neto ressaltou o currículo de Clemilton Queiroz e apostou no desempenho satisfatório de seu escolhido. “Sabemos da grande competência que ele [Queiroz] tem, do esforço que ele tem, gosta de trabalhar e não tenho dúvidas de que vai fazer sim um grande trabalho à frente da Fundespi e com nosso apoio”, afirmou o parlamentar.

Cadê o técnico?

O deputado do PT disse que o critério técnico não foi considerado no momento de se escolher o presidente da Fundação de Esportes do Piauí. “Já que se fala muito em critérios técnicos, se vai ter esses critérios para outras secretarias, porque não ter um técnico para administrar a Fundespi? Porque esquecer a Fundespi de novo? Porque esquecer o esporte novamente? Isso me machuca”, afirmou Warton Lacerda.

NOTÍCIA RELACIONDA

Warton Lacerda critica ida de Clemilton para presidência da Fundespi