Luís Correia - PI

Origem de pacotes encontrados no litoral do Piauí ainda é desconhecida

Em nota, a Capitania dos Portos do Estado alegou que “não há registros de naufrágios ou qualquer tipo de sinistro de embarcações no Estado que possa inferir ser a origem do material encontrado”.

Laura Moura
Teresina
- atualizado

A Capitania dos Portos do Estado informou, por meio de uma nota de esclarecimento, que ainda não foi possível detectar a origem dos pacotes desconhecidos encontrados no litoral do Piauí, Alagoas, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Ceará. Entretanto, as análises preliminares apontaram que o material pode ter sido confeccionado “em algum tipo de couro sintético”.

Na nota, a instituição alegou que “não há registros de naufrágios ou qualquer tipo de sinistro de embarcações no Estado que possa inferir ser a origem do material encontrado”. Além disso, a capitania está mantendo contato com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e com a Prefeitura de Luís Correia para acompanhar o caso.

  • Foto: Divulgação/ Instituto Tartarugas do DeltaCada pacote pesa em média de 80kg a 100kg Cada pacote pesa em média de 80kg a 100kg

Confira a nota na íntegra:

Em relação à notícia de “pacotes” encontrados ao longo do litoral Piauiense, a Capitania dos Portos de Piauí informa que não é possível, no momento, determinar a origem do material que, segundo análise preliminar do Instituto Biota de Conservação de Alagoas, parece ser confeccionado em algum tipo de couro sintético.

Em complemento, reitera-se que não há registros de naufrágios ou qualquer tipo de sinistro de embarcações no Estado do Piauí que possa inferir ser a origem do material encontrado.

A Capitania dos Portos está mantendo contato com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e com a Prefeitura de Luis Correia-PI para acompanhar o caso e fornecer outras informações que possam se mostrar relevantes.

Até o fechamento desta nota, foram confirmados pela Prefeitura do município de Luis Correia-PI 33 pacotes no litoral Piauiense na praia de Peito de moça, entre Arrombado e Itaqui, e na praia de Atalaia. Há informações de pacotes foram encontrados também na praia de Pedra do Sal (em Parnaíba) e nas Ilhas Canárias. Ainda foram observados pacotes em diversos estados no Nordeste brasileiro.

Entenda o caso

Desde o último sábado (27), pacotes de origem desconhecida estão sendo encontrados no litoral piauiense. Ao todo, já foram localizados 33 pacotes na praia Peito de Moça, entre a praia do Arrombado e a Vila Itaqui e na praia de Atalaia, conforme os dados divulgados pela Prefeitura Municipal de Luís Correia. A Capitania dos Portos relatou que há informações de que estes materiais estão sendo encontrados também na praia Pedra do Sal, em Parnaíba, e nas Ilhas Canárias.

O Instituto Tartarugas do Delta, em entrevista ao GP1 na manhã desta terça-feira (30), revelou que os pacotes também se encontram no município de Cajueiro da Praia, mais precisamente na praia de Barra Grande. Cada material pesa entre 80kg a 100 kg.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Pacotes de origem desconhecida são encontrados no litoral do Piauí

Mais de 30 pacotes desconhecidos foram encontrados no litoral do Piauí