Picos - PI

Padre Walmir contrata caminhões coletores de lixo por R$ 816 mil

Contrato do termo de aditivo foi assinado no último dia 4 de janeiro e terá validade até 31 de dezembro de 2018.

Raisa Brito
Chefe de Redação
- atualizado

O prefeito de Picos, Padre José Walmir de Lima (PT), assinou no último dia 4 de janeiro, termo aditivo de contrato com empresa especializada para locação de cinco caminhões coletores compactadores para auxiliar nos serviços de coleta de lixo da cidade. O valor anual do contrato é de R$ 816 mil, ou R$ 68 mil mensais.

  • Foto: GP1Padre Walmir contrata cinco caminhões coletores por mais de R$ 800 mil ao anoPadre Walmir contrata cinco caminhões coletores por mais de R$ 800 mil ao ano

A empresa contratada foi a M § F Transportes Ltda, a mesma que já vinha prestando o serviço ao município. O tempo de vigência vai até 31 de dezembro de 2018 e as fontes de recursos são o Fundo de Participação dos Municípios (FPM), IPVA, ICMS, arrecadação e outras receitas próprias.

Caminhões

Na mesma data o Padre Walmir assinou termo aditivo destinado à contratação de cinco caminhões com carroceria aberta para auxiliar no trabalho da Secretaria Municipal de Serviços Públicos. A pasta é gerida por Elisomar de Carvalho, o Mazinho, irmão do vereador José Luís de Carvalho (PTB), que é membro da bancada de apoio ao prefeito.

O contrato vai até o dia 31 de dezembro de 2018 e cada um dos caminhões tem um valor especifico. O pertencente a Ademar Ferreira da Silva é R$ 59.880,00 ao ano, ou, R$ 4.990,00 ao mês. Já o de Francisco Isaias de Sousa o valor anual é de R$ 59.940,00, equivalente a R$ 4.995,00 por mês.

  • Foto: GP1Caminhões coletes de lixo custam R$ 68 mil mensais aos cofres públicosCaminhões coletes de lixo custam R$ 68 mil mensais aos cofres públicos

O caminhão pertencente a Edivaldo Vieira Barbosa Júnior foi contratado por R$ 60 mil ao ano, média de R$ 5 mil por mês. Já o de Antônio José de Moura foi contratado ao valor de R$ 59.820,00 ao ano, ou, R$ 4.985,00 ao mês. Já o de Wellinton Bezerra Pereira o contrato anual é de R$ 59.904,00, equivalente a R$ 4.992,00 mensais.

Assinados no último dia 4 de janeiro os contratos tiveram as cópias publicadas no Diário Oficial dos Municípios, edição do último dia 5, nas páginas 137 a 139.

Mais conteúdo sobre: