Piauí

Pagamento do PIS/Pasep injetou mais de R$ 220 milhões no Piauí

Conforme os dados do Ministério da Economia, no Piauí um total de 276.419 trabalhadores sacaram o benefício dentro do prazo.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

O Piauí alcançou a maior cobertura de pagamento do abono salarial PIS/Pasep do Brasil com 96,31% de saques feitos e injetou mais de R$ 220 milhões na economia do estado. Mesmo assim 10.599 piauienses não sacaram o benefício.

Conforme os dados do Ministério da Economia, no Piauí um total de 276.419 trabalhadores sacaram o benefício dentro do prazo, o que injetou um total de R$ 220.908.574,10 na economia piauiense.

O prazo para o saque se encerrou no dia 28 de junho. Com isso o estado do Piauí deixou de receber um montante de R$ 6.994.692,36. O estado do país que teve a menor cobertura de pagamento foi Amapá, com 83,85%.

Ao todo, o Ministério da Economia injetou R$ 17, 3 bilhões em todo o país. Teve direito ao abono salarial ano-base 2017 quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2016 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos e teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mais de 13 mil piauienses ainda não sacaram o abono salarial

Mais de 54 mil trabalhadores não sacaram o abono salarial no Piauí

Mais conteúdo sobre: