Piauí

Pai mata ex-genro após filha mandar mensagem pedindo socorro em SP

A filha estava sendo ameaçada de morte com uma faca e conseguiu enviar uma mensagem para o pai pelo Whattsapp.

Jeyson Moraes
Teresina
- atualizado

Um homem de 52 anos, identificado como Edson Claro de Almeida, matou o ex-marido da filha após descobrir que a ela sofria agressões e ameaças. Elton Gomes da Silva, de 36 anos, foi morto com um tiro na barriga em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Em seguida, o ex-sogro se evadiu do local.

De acordo com a Polícia Civil, a filha do representante comercial, de 28 anos, disse que estava separada de Elton há dois anos, mas que ele não aceitava a situação. A jovem estava chegando em casa quando percebeu que Elton estava na rua a observando e lhe obrigou a entrar em casa.

  • Foto: Divulgação/facebookEdson Claro e a filhaEdson Claro e a filha

Segundo a mulher, ele a obrigou a entrar dentro da casa e, em seguida, disse que ia matá-la com uma faca. A jovem tentou acalma-lo e falou que iria ao banheiro tomar banho. Ela então conseguiu enviar uma mensagem para o pai pedindo socorro e relatando o que estava acontecendo.

A jovem ainda relatou à polícia que foi espancada e teve o celular quebrado após sair do banheiro. O pai dela chegou minutos depois e entrou em luta corporal com Elton, mas ele estava armado e efetuou um disparo na barriga do ex-genro. O homem ainda chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Edson Claro se evadiu do local após o crime.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Praia Grande como homicídio, ameaça, violência doméstica e injúria. Os peritos da Polícia Civil de SP foram ao local e encontraram o celular danificado da vítima e um projétil de arma de fogo.

Mais conteúdo sobre: