Coronavírus no Piauí

Piauí registra 1.924 mortes e 83.502 casos confirmados de covid-19

Conforme o boletim, das 83.502 pessoas que contraíram o vírus no Piauí desde o início da pandemia, 81.032 já estão curadas e 202.860 casos foram descartados, segundo a Sesapi.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

A Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi) divulgou boletim epidemiológico, na noite desta terça-feira (08), informando que o número de mortes por covid-19 (coronavírus) no Piauí subiu de 1.915 para 1.924, e o número de casos confirmados passou de 82.564 para 83.502. Foram 938 novos casos registrados e 9 óbitos nas últimas 24 horas, de acordo com a Sesapi.

Conforme o boletim, das 83.502 pessoas que contraíram o vírus no Piauí desde o início da pandemia, 81.032 já estão curadas e 202.860 casos foram descartados, após a realização de testes rápidos e exames no Laboratório Central do Piauí (Lacen).

Dos 938 casos confirmados da doença, 541 são mulheres e 397 homens, com idades que variam de sete meses a 101 anos.

Cinco mulheres e quatro homens não resistiram às complicações da covid-19. Elas eram de Baixa Grande do Ribeiro (52 anos), Floriano (81 anos), Piripiri (90 anos), Santa Cruz do Piauí (85 anos) e Valença do Piauí (81 anos). Já os homens eram das cidades de Cabeceiras do Piauí (76 anos), Cajueiro da Praia (78 anos), Floriano (69 anos) e Teresina (51 anos).

Dos 224 municípios do estado apenas Canavieira não foi atingida pela pandemia. A covid-19 está presente em 99,6% do território piauiense.

O Piauí possui 83.502 casos confirmados do novo coronavírus e 1.924 óbitos registrados pela doença, em 166 municípios. Deste total, morreram 1.106 homens e 818 mulheres.

Internações

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à covid-19, há 546 ocupados, sendo 339 leitos clínicos, 205 UTIs e 2 leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 3.798 até o dia oito de setembro.

A Sesapi estima que 81.032 pessoas já estão recuperadas ou seguem em acompanhamento (casos registradas nos últimos 14 dias) que não necessitaram de internação ou evoluíram para morte.

Mais conteúdo sobre: