Polícia

Piauí registra três crimes brutais contra mulheres em menos de 48h

Os casos se trataram de um feminicídio e duas tentativas de feminicídio, que ocorreram nos municípios de Nazária, Ipiranga do Piauí e Piripiri, respectivamente.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

Em menos de 48 horas, o estado do Piauí registrou três crimes brutais contra mulheres. Os casos se trataram de um feminicídio e duas tentativas de feminicídio, que ocorreram nos municípios de Nazária, Ipiranga do Piauí e Piripiri, respectivamente.

O caso mais chocante, aconteceu na manhã de sexta-feira (20), quando uma mulher identificada como Laysse da Silva Carvalho foi assassinada em sua residência, na frente do seu filho de apenas 2 anos em Nazária. No local do crime, a vítima foi encontrada degolada, sem roupas em cima de uma cama e com uma perfuração no pescoço.

  • Foto: FacebookLaysse CarvalhoLaysse Carvalho

Ainda na tarde de sexta, o suspeito do crime, identificado como Thalison Francisco Araújo, foi preso por policiais do 17º Batalhão da Polícia Militar em Nazária, com o celular da vítima. O acusado alegou que comprou o aparelho de dois homens, com isso Thalison foi encaminhado para a Central de Flagrantes e por lá foi autuado somente por receptação.

“Esse fato precisa de uma investigação mais detalhada, pois os populares nos informaram que o suspeito foi visto nas proximidades do local que aconteceu o crime. O delegado responsável pela cidade decidiu deixar o homem preso para não atrapalhar as futuras investigações”, relatou o cabo Alves.

  • Foto: DivulgaçãoAcusado de matar Laysse CarvalhoAcusado de matar Laysse Carvalho

Ipiranga do Piauí

Na zona rural de Ipiranga do Piauí, região Sudeste do estado, uma mulher identificada como Neurivania Pereira dos Santos, de 39 anos, ficou gravemente ferida após ser baleada no final da manhã de sexta-feira (20) pelo próprio marido, identificado como Antônio José de Sousa, de 51 anos, na localidade Guabiraba.

Ao GP1, o sargento César, da Polícia Militar de Ipiranga do Piauí, contou que a mulher foi encontrada de bruços no chão da residência e o tiro de espingarda atingiu o tórax da vítima. “O principal acusado dessa tentativa de feminicídio é o esposo da mulher. Ele já foi preso por nossas equipes e levado para a delegacia de Oeiras”, disse o sargento.

Piripiri

Em Piripiri, uma mulher identificada apenas como Jane, foi agredida violentamente por volta das 2h da madrugada deste sábado (21). A vítima foi encontrada agonizando no meio da rua, com lesões graves da região da cabeça e com os dentes quebrados.

Conforme o cabo Abimael, da Polícia Militar de Piripiri, uma pedra encontrada no local do crime deve ter sido utilizada nos ataques à vítima. Uma faca também foi localizada. “Fomos acionados para atender a ocorrência às 2h da madrugada com informações de que uma mulher estava sendo agredida. Chegando lá, encontramos ela agonizando no chão, toda ensanguentada. Ao que tudo indica ela deve ter sido agredida com uma pedra que estava no local. Uma faca também foi deixada no lugar do delito. A moça estava em estado gravíssimo com suspeita de afundamento do crânio e com os dentes quebrados”, detalhou o militar.

A Policia Militar ainda não tem informações sobre o autor do delito. “Até o momento, não há indícios de quem possa ter praticado o crime, por isso, ainda estamos em diligências. Inclusive, os moradores da região também não conseguiram ver quem praticou o ato”, completou o cabo Abimael.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mulher fica em estado grave após ser espancada em Piripiri

Suspeito de degolar mulher em Nazária é autuado por receptação

Mulher é degolada na frente do filho de dois anos em Nazária

Mulher é baleada pelo próprio marido em Ipiranga do Piauí