Piauí

Piauí registrou mais de 320 queimadas em apenas 24h, aponta INPE

O relatório do INPE, mostra ainda que o município de Baixa Grande do Ribeiro, já teve 42 focos acumulados.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) apontam que o Piauí registrou 328 queimadas em um prazo de apenas 24 horas entre os dias 14 e 15 de setembro.

O período do B-R-O-Bró, conhecido por ser o mais quente do ano, já iniciou com 1.554 registros de fogo em áreas de vegetação apenas na primeira quinzena do mês de setembro. O relatório do INPE mostra ainda que o município de Baixa Grande do Ribeiro já teve 42 focos acumulados.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Queimadas no acostamento da BR 343Queimadas no acostamento da BR 343

2º estado com mais queimadas no Nordeste

Ainda de acordo com o INPE, o Piauí é o 2º estado com o maior número de queimadas do Nordeste, ficando atrás somente do Maranhão, com o dobro de focos.

Os dados são referentes ao período de 1º ao dia 25 de agosto, apontado como o início do período de queimadas. O ranking é liderado pelo Maranhão, que registrou 5.289 focos. O Piauí registrou 2.621.

Ibama autoriza brigadas

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – Ibama – autorizou a contratação de brigadistas temporários para as ações de combate a incêndios florestais nos municípios de Uruçuí, Floriano e Alvorada do Gurguéia.

O Piauí vai receber o auxílio dos brigadistas por estar entre os estados declarados em estado de emergência ambiental pelo Ministério do Meio Ambiente, conforme a Portaria nº 153, de 18 de março de 2019, publicada em 9 de abril de 2019.

Mais conteúdo sobre: