Polícia

Piauiense é assassinada a facadas pelo marido em São Paulo

O corpo de Derlane será encaminhado para a cidade de Teresina, onde será velado e enterrado.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

A piauiense Derlane Silva, de 21 anos, foi assassinada a facadas na madrugada deste domingo (19) pelo marido Rafael Eduardo Inácio, de 27 anos, na cidade de Morro Agudo, na cidade de São Paulo. O casal tinha uma filha e tinham reatado o relacionamento há uma semana.

O corpo de Derlane será encaminhado para a cidade de Teresina, onde será velado e enterrado. Segundo informações da Polícia Militar de São Paulo, o crime ocorreu na residência do casal, por volta das 2h. O casal estava bebendo na residência deles, quando começaram uma discussão. Segundo a PM, o acusado foi até a cozinha, pegou uma faca e esfaqueou Derlane Silva no peito e nas costas. Ela morreu no local.

  • Foto: Derlane Silva/GP1Derlane SilvaDerlane Silva

Após o crime, Rafael Eduardo jogou a faca em um bueiro e ligou para a sua mãe pegar a filha do casal, que estava na residência dormindo quando o crime aconteceu. Um irmão de Rafael foi até o local, descobriu o que tinha acontecido e convenceu o assassino a se entregar para a polícia.

Segundo o G1, Rafael foi preso na casa dos pais e confessou a autoria do crime. Ele passou por uma audiência de custódia no Fórum Batatais e teve a sua prisão preventiva decretada. Ele já foi encaminhado para Centro de Detenção Provisória de Pontal.

Mais conteúdo sobre: