Fronteiras - PI

Piauiense que estudou por conta própria tirou 960 na redação do Enem

Maria Tiará, de 19 anos, é de família humilde e natural de Fronteiras. Ela contou ao GP1 que estudou por conta própria e que sonha cursar medicina.

Jeyson Moraes
Teresina
Fábio Wellington
Teresina
- atualizado

Um dos destaques piauienses no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), com 960 pontos na redação, a jovem Maria Tiará, de 19 anos, que sempre estudou em escola pública, contou ao GP1 neste sábado (18) que estudou por conta própria no ano de 2019 e que sonha cursar medicina.

A jovem, natural de Fronteiras, relatou ser de uma família humilde, sendo filha de um soldador e de uma agricultora. “Eu nunca estudei em escola particular e terminei o ensino médio em 2018, sou de uma família humilde, meu pai é soldador e minha mãe é agricultora. Passei o ano de 2019 estudando em casa - por conta própria - com foco total no Enem, pois nele vejo uma oportunidade de ingressar em uma faculdade no curso de Medicina”, disse a jovem.

  • Foto: Arquivo pessoalJovem de Fronteiras é destaque na redação do EnemJovem de Fronteiras é destaque na redação do Enem

Questionada sobre o tema da redação e se ela esperava a nota que recebeu, a jovem relatou surpresa no momento que descobriu porque esperava um resultado inferior ao obtido. “Não esperava, lembro que quando olhei o tema da redação no dia da prova me desesperei, pois foi algo que eu jamais imaginava e ao sair do local tive a certeza de que iria tirar uma nota ruim. Mesmo tendo focado bastante na redação no segundo semestre de 2019, não tinha feito nenhum tema parecido com o qual foi abordado, então isso só aumentava a minha certeza da possível nota baixa na redação”, contou.

Ela também comentou sobre o desejo de cursar medicina, que veio dos pais, segundo ela, eles sempre desejaram ver uma de suas filhas formadas na área. Ela ainda destacou que sendo médica, vai conseguir ajudar o próximo e ter a satisfação de salvar vidas.

“Meus pais sempre tiveram o sonho de ver uma de suas filhas formadas em Medicina, então desde cedo comecei a ter interesse pelo curso e comecei a pesquisar sobre ele, então percebi que me identificava muito com essa área. Além de ser um curso lindo, é uma profissão que oferece a possibilidade de ajudar o próximo de uma forma mais rápida. Ademais, é importante destacar que a satisfação pessoal em poder salvar vidas é inexplicável”, afirmou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

"O esforço valeu a pena", diz piauiense nota 960 na redação do Enem

Piauiense destaque no Enem sonha em ajudar pessoas com câncer

"Sensação de dever cumprido", diz piauiense nota mil na redação do Enem

Alunos da rede estadual do Piauí se destacam na redação do Enem com nota 980

Mais conteúdo sobre: