Valença - PI

PM desmente ameaça de bomba contra Wellington Dias em Valença

Conforme o sargento da PM Ranier Nunes, um frasco de perfume chamado arsenal foi deixado em cima do banco da praça da cidade e um anônimo ligou para o 190 informando da presença do objeto no local.

Germana Chaves
Teresina
- atualizado

A Polícia Militar do Piauí foi acionada depois de um alarme falso de uma suposta ameaça de bomba contra o governador Wellington Dias (PT) que cumpre agenda política na cidade de Valença do Piauí nesta sexta-feira (15).

Conforme o sargento da PM Ranier Nunes, um frasco de perfume chamado arsenal foi deixado em cima do banco da praça da cidade e um anônimo ligou para o 190 informando da presença do objeto no local.

  • Foto: Hélio Alef/GP1Wellington DiasWellington Dias

Ainda de acordo com o militar, o fato não teve ligação com passagem do governador Wellington pelo município, que não estava na praça no momento do ocorrido.

  • Foto: Divulgação/PM-PIVidro de perfume é confundido com bomba em ValençaVidro de perfume é confundido com bomba em Valença

“Não é verdade o que aconteceu é que um vidro de perfume chamado de arsenal e no formado de uma bomba, foi deixado no banco da praça. Então uma pessoa ligou para o 190 dizendo que havia um artefato no formato de uma granada. Foi um alarme falso que, aliás, não tinha ligação com a passagem do governador pela cidade”, informou Ranier Nunes.

Mais conteúdo sobre: