Teresina - PI

Polícia Civil apreende cocaína avaliada em R$ 180 mil

Outros três integrantes da quadrilha foram presos na semana passada também em operação da Delegacia de Proteção e Repressão a Entorpecentes (Depre).

RAYANE TRAJANO E ANDRÉ DOS SANTOS
- atualizado

Os policiais da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre) realizaram nessa quarta-feira (04) a prisão de Agerlande Araújo Costa, 35 anos, acusada de envolvimento com a quadrilha de tráfico de drogas que recebia cocaína via Sedex na zona sudeste de Teresina.

De acordo com o coordenador da Depre, delegado Menandro Pedro, foram apreendidos seis quilos de pasta base de cocaína, que haviam chegado pelos Correios no dia 29 de dezembro, data em que três integrantes da quadrilha foram presos pela Polícia Civil, Cássio Sousa Brito, a esposa, Maria Isabel Paula, e a estudante de Direito, Enayra Machado de Carvalho, que é amante de Cássio.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Cocaína chegou pelos correiosCocaína chegou pelos correios

O delegado explicou que a cocaína, que estava embalada em papéis de presente, foi enviada para endereços diferentes, mas seria de Cássio. Em dezembro, a droga foi apreendida na casa de Enayra Machado. Já nessa quarta-feira (04), a nova droga foi apreendida com Agerlande Araújo. O entorpecente estava endereçado para a residência de Agerlande, localizada na Avenida Joaquim Nelson, bairro Dirceu.

“Esta droga chegou pelo Sedex no mesmo dia que chegou aqueles 5kg de cocaína pura, onde o Cássio pagou para receber pelos Correios. Essa [droga apreendida], que chegou no mesmo dia [29 de dezembro], eles pegaram em outro endereço. Chegando lá essa pessoa passou para um terceiro indivíduo para guardar essa droga. Como o Cássio está preso, ninguém foi pegar”.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Menandro Pedro mostra cocaína apreendidaMenandro Pedro mostra cocaína apreendida

O delegado informou ainda que os seis quilos de cocaína valem cerca de R$ 180 mil e que, se misturados a outras substâncias para serem comercializados em pequenas quantidades, podem render até meio milhão de reais. “Essa droga já ia ser vendida e consumida na grande Teresina, onde esses elementos iam aumentar o peso dessa droga, fazer mistura com outros produtos para ganhar mais dinheiro”, disse.