Piripiri - PI

Polícia Civil prende acusados de matar presidiário em Piripiri

As prisões foram feitas, nessa sexta-feira (24), e as identidades dos acusados não foram reveladas.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

A Polícia Civil do Piauí deflagrou operação, nesta sexta-feira (24), e prendeu duas pessoas acusadas de matar o presidiário Ismael da Silva Almeida e de deixar outra pessoa ferida, no dia 19 de abril, na cidade de Piripiri. As identidades dos acusados não foram reveladas. A ação foi comandada pelo delegado regional de Piripiri, Jorge Terceiro.

Segundo informações da polícia, foi dado cumprimento a dois mandados de prisão preventiva e a um mandado de busca e apreensão domiciliar. Um dos alvos foi preso no centro da cidade de Piripiri, já o outro se encontrava preso temporariamente, e agora, vai ficar preso preventivamente por prazo indeterminado.

  • Foto: Divulgação/PC-PIHomem foi preso acusado de homicídioHomem foi preso acusado de homicídio

Durante as buscas domiciliares, os policiais encontraram peças de vestuário com as mesmas características das que foram utilizadas pelos criminosos no dia do crime. Uma motocicleta também foi apreendida.

As investigações a cargo da Polícia Civil de Piripiri continuam no sentido de identificar outros envolvidos nos crimes e levá-los a responder criminalmente pelos delitos praticados.

Relembre o caso

Ismael da Silva Almeida, estava na saída temporária da Semana Santa, e morreu após ser alvejado com dois disparos de arma de fogo, na Avenida Tomaz Rebelo na cidade de Piripiri.

Segundo informações do tenente-coronel Erisvaldo, comandante da Polícia Militar de Piripiri, Ismael estava conduzindo uma motocicleta com uma pessoa na garupa pela avenida quando os dois foram alvejados. Testemunhas relataram que dois acusados que estavam em uma motocicleta preta foram os autores dos disparos.

O homem que estava na garupa se encontra internado no Hospital Regional de Chagas Rodrigues, em Piripiri. Ismael era detento da Colônia Agrícola Major César de Oliveira e estava solto devido o indulto da Semana Santa. Ele havia sido condenado por realizar vários assaltos à mão armada e tráfico de drogas.