Teresina - PI

Polícia procura assaltante de banco em sítio na zona leste de Teresina

Equipes da Divisão de Operações Especiais (D.O.E), da Polícia Rodoviária Federal, do choque montado e mais três equipes do 8º BPM estão na mata com o intuito de rastrear e capturar o indivíduo.

Laura Moura
Teresina
Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

Policiais militares e civis foram acionados, na manhã desta quinta-feira (09), por um caseiro que alegou ter visto um homem estranho no sítio Mangaratiba, situado na BR 343, zona leste de Teresina. A PM acredita que se trata de um dos integrantes da quadrilha responsável por explodir e roubar duas agências bancárias em Campo Maior, identificado apenas como Raimundo. A polícia está realizando buscas no local, com intuito de localizar o criminoso.

Os oficiais foram acionados por volta de 07h20 pelo dono da propriedade, de acordo com o comandante de Operações Especiais da Polícia Militar do Piauí, coronel Márcio Oliveira. “Nós estávamos aqui com a equipe do BOPE quando chegou um cidadão, proprietário desse sítio, dizendo que o caseiro dele estava ligando informando que havia alguma coisa estranha lá. Então, como nós estávamos bem próximo, chegamos rapidamente, o caseiro alertou que, por volta de 07h20, ele saiu de uma residência para vir para cá aguardar o patrão e sempre os cachorros acompanham. Aí, os cachorros começaram a latir e nesse canto, na parte interna, próximo ao muro, surgiu um indivíduo vestido com roupa escura, tênis branco, uma mochila molhada, estava molhado como se tivesse passado a noite aqui, dizendo que estava com medo de morrer, que os companheiros já tinham morrido e pediu comida e água em troca de dinheiro”, informou.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Coronel Márcio OliveiraCoronel Márcio Oliveira

Em seguida, o caseiro contou aos policiais que o homem havia aberto a mochila e, nela, tinha uma grande quantidade de dinheiro. Porém, o caseiro disse que não aceitou a quantia. “Ele abriu a mochila. O caseiro viu um pacote muito grande de dinheiro e disse que não poderia aceitar. O caseiro disse para ele ficar enquanto ia buscar. Porém, não deu tempo de pegá-lo porque a nossa equipe estava passando na hora e quando ele ouviu o barulho, correu para a mata”, completou o coronel Márcio.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Viaturas da PMViaturas da PM

Equipes da Divisão de Operações Especiais (D.O.E), da Polícia Rodoviária Federal, do choque montado e mais três equipes do 8º BPM estão na mata com o intuito de rastrear e capturar o indivíduo. “Nós estamos montando um cerco aqui enquanto as outras equipes estão rastreando. O certo é que ele está aqui, dentro da mata, passou a noite aqui, encostou para, com certeza, tentar tomar um veículo de assalto”, concluiu o coronel.

Entenda o caso

Uma operação integrada da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil, Polícia Militar e Guarda-Civil Municipal de Teresina foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (08) com o intuito de buscar realizar a prisão de dois acusados de integrar a quadrilha responsável por explodir e roubar duas agências bancárias no município de Campo Maior.

Tudo começou quando os policiais receberam a informação de que a dupla havia feito cinco reféns na cidade de Barras e seguiu pela BR 343 em um carro, modelo Volkswagen Up. Os agentes iniciaram acompanhamento tático desde o posto da Polícia Rodoviária Federal em Campo Maior, até o posto de altos, onde os criminosos foram interceptados. Na abordagem, os bandidos liberaram os reféns, mas conseguiram fugir.

“Em Campo Maior, foi feito o rastreamento dele e, a partir daí, formaram as ações em Teresina, os possíveis bloqueios. Ao chegar na PRF, eles romperam o bloqueio, o pneu foi avariado e eles passaram para um outro veículo”, comentou o secretário de segurança Fábio Abreu.

  • Foto: Divulgação/Polícia CivilO piauiense: Marcelo Negão à esquerda e o mineiro: Raimundo à direitaO piauiense: Marcelo Negão à esquerda e o mineiro: Raimundo à direita

Dois dos reféns foram ouvidos pelo Greco e outros três preferiram ir para casa. O proprietário do Up, que estava dirigindo o carro no momento da abordagem dos bandidos, é motorista de aplicativos.

Na tarde de ontem, o Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) divulgou as imagens dos dois assaltantes identificados como Raimundo, o mineiro, e Marcelo "Negão", piauiense. Logo depois, a Polícia Militar um Toyota Etios foi localizado no bairro Morros, zona leste da Capital. Ele teria sido usado pelos dois indivíduos durante a fuga.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Carro usado na fuga de assaltantes de banco na BR 343 é localizado

Câmera de segurança flagra fuga de assaltantes de banco na BR 343

Greco divulga imagens para localizar assaltantes de banco em Teresina