Belém do Piauí - PI

Prefeito Ademar Aluísio decreta situação de emergência

O decreto é de 1º de fevereiro e o prefeito Ademar de Carvalho destacou que os açudes e reservatórios permanecem com a sua capacidade muito abaixo da média.

BÁRBARA RODRIGUES
DE TERESINA
- atualizado

O prefeito de Belém do Piauí, Ademar Aluísio de Carvalho, publicou decretando situação de emergência no município, afirmando que está faltando água potável para atender os moradores da região.

O decreto é de 1º de fevereiro e o prefeito Ademar Aluísio destacou que os açudes e reservatórios permanecem com a sua capacidade muito abaixo da média, estando praticamente secos, o que está causando grande preocupação, já que a situação pode ainda piorar.

  • Foto: Lucas Dias/GP1SecaSeca

“O município de Belém do Piauí está sendo atendido pelo programa da Operação Pipa e torna-se necessário continuar para efetuar o abastecimento emergencial com água potável para as comunidades carentes”, destacou o prefeito no decreto.

A situação de emergência é pelo prazo de 180, para que sejam tomadas medidas emergenciais para atender a população, explicando que a “real precariedade financeira do município, cujos recursos diminuem a casa dia, para prestar auxílio às famílias carentes e prejudicadas”.