Cristino Castro - PI

Prefeito Manoel Júnior suspende descontos de empréstimos consignados

O prefeito explicou que a suspensão ocorrerá pelo prazo de 90 dias, tendo a vigência máxima de três parcelas consecutivas.

Bárbara Rodrigues
Teresina

Devido a pandemia do novo coronavírus, o prefeito de Cristino Castro, Manoel Júnior, publicou lei de nº 155/2020, no Diário Oficial dos Municípios de 19 de junho, onde determina a suspensão dos descontos de empréstimos consignados na folha dos servidores ativos, inativos, aposentados e pensionistas.

Na lei, o prefeito explicou que a suspensão ocorrerá pelo prazo de 90 dias, tendo a vigência máxima de três parcelas consecutivas. As parcelas suspensas serão incluídas ao final do contrato, estendendo assim ele por no máximo três meses.

  • Foto: Facebook/Prefeitura de Cristino CastroManoel JúniorManoel Júnior

Os servidores ativos e inativos, aposentados e pensionistas que não desejarem aderir a suspensão do pagamento da parcela de seus empréstimos consignados deverão comunicar à instituição financeira na qual foi realizado o contrato.

Caso ocorra o fim do estado de emergência decretado antes do prazo de noventa dias, fica restabelecido a cobrança regular do empréstimo consignado.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Teresina registra 11 mortes e 62 novos casos de covid-19 em 24h

Covid-19: Wellington Dias afirma que desobediência ao isolamento cresceu

Covid-19 afasta 1,4 milhão de brasileiros do mercado de trabalho