Jaicós - PI

Prefeito Neném de Edite declara situação de emergência e anuncia festa

Festa em comemoração ao 185º aniversário do município será animada por artistas nacionais, dentre eles o cantor sertanejo Léo Magalhães.

José Maria Barros
Picos
- atualizado

Menos de um mês após decretar situação de emergência em Jaicós, o prefeito Ogilvan da Silva Oliveira, o Neném de Edite (PSD), prepara festa de comemoração dos 185 anos de emancipação política, administrativa e financeira do município.

A programação festiva já está fechada e os convites sendo enviados para as autoridades e a população em geral. Dentre as atrações estão artistas de renome nacional, como o sertanejo Léo Magalhães, além de Toca do Vale e Orlando Estourado. Os três se apresentarão em palco montado na avenida Engenheiro Ribeiro Gonçalves.

  • Foto: Danilo BezerraPrefeito de Jaicós, Nenem de EditePrefeito de Jaicós, Neném de Edite

O prefeito Neném de Edite (PSD) não divulgou ainda quanto será gasto na organização da festa que acontece no próximo dia 21 de fevereiro. A programação conta ainda com outras atividades esportivas, culturais e religiosas.

Emergência

No último dia 31 de janeiro o prefeito de Jaicós, Neném de Edite, decretou situação de emergência no município pelo período de 180 dias. Segundo o documento publicado dia 1º de fevereiro no Diário Oficial dos Municípios, para adotar tal medida o gestor levou em consideração vários fatores.

A ausência de chuvas que passa o município, provocando com isso, o esgotamento dos mananciais existentes que, como consequências resultam danos humanos, materiais e ambientais e prejuízos econômicos e sociais.

O gestor considerou ainda que tais fatos refletem diretamente de forma negativa na economia do município de Jaicós, onde prepondera a atividade agropecuária. E por fim disse que os recursos financeiros do município não são suficientes para prestar socorro às famílias atingidas pela seca, na plenitude das necessidades.

Mesmo diante desse quadro apresentado no decreto, o gestor realiza festa de emancipação do município com a participação de artistas que cobram altos cachês.

Outro lado

O prefeito Neném de Edite não foi localizado pelo GP1.

Mais conteúdo sobre: