Sebastião Barros - PI

Prefeito Onélio denuncia o ex-prefeito Nivaldo Roberto ao MPF

O inquérito foi instaurado pelo procurador da República Humberto de Aguiar Júnior em 12 de dezembro de 2017.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

O Ministério Público Federal no Piauí, por meio do procurador da República Humberto de Aguiar Júnior, instaurou um inquérito civil, no dia 12 de dezembro, com o objetivo de investigar denúncia do atual prefeito de Sebastião Barros, Onélio Carvalho dos Santos, contra o ex-prefeito Nivaldo Roberto Nogueira Rodrigues.

O prefeito Onélio assumiu o comando da prefeitura de Sebastião Barros em janeiro desse ano e denunciou Nivaldo Roberto, que encerrou seu mandato em dezembro de 2016, por omissão na prestação de contas e movimentação irregular de recursos federais transferidos para a área da Educação.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Ministério Público Federal no Piauí (MPF/PI) Ministério Público Federal no Piauí (MPF/PI)

Segundo o procurador, o inquérito civil vai “apurar possível subtração de documentos públicos referente à comprovação de despesas dos recursos do PNATE -2016; PDDE 2016; PDDE Educação Integral-2016; PNAE 2016, bem como movimentação irregular dos respectivos recursos”.

“O Ministério Público é instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis”, explicou o procurador Humberto Aguiar.

Outro lado

Procurado pelo GP1 nesta sexta-feira (29), o prefeito não foi localizado para comentar o caso. O GP1 fica aberto a esclarecimentos.