União - PI

Prefeito Paulo Henrique é acusado de não pagar férias a terceirizados

Procurado pelo GP1, nesta quarta-feira (16), o vice-prefeito informou que Paulo Henrique está viajando para Las Vegas.

Willyam Ricardo
Teresina
- atualizado

O GP1 recebeu, nessa segunda-feira (14), denúncia afirmando que mais de 70 funcionários terceirizados, que foram demitidos no mês de fevereiro deste ano, não receberam do prefeito de União, Paulo Henrique Medeiros Costa (PSD), mais conhecido como Dr. Paulo Henrique, o pagamento das férias.

O denunciante, que preferiu não ser identificado, contou que 72 pessoas de diversos cargos deveriam ter recebido os pagamentos desde março. “A gente tem direito de receber essas férias, foi o advogado da prefeitura que falou para gente protocolar os documentos [para receber as féras]. Eu era da Saúde, ele disse para eu ir na Secretária de Saúde pegar uns documentos lá, deixar na prefeitura para protocolar e receber as minhas férias. Todo mundo pegou [os documentos exigidos], essas 72 pessoas, não só da Saúde, mas da Educação, todos que trabalharam, dois anos e dois meses”, relatou.

Ainda de acordo com o denunciante, trabalhadores de diversas áreas como agente administrativo, serviços gerais, agente de vigilância sanitária, técnico de enfermagem e até psicólogos não receberam, até o momento, respostas concretas por parte da prefeitura. “Então nós fomos protocolar esses documentos, que era para gente receber em março, saímos em fevereiro e era para receber em março. E até hoje a gente vai lá e o secretário de finanças diz ‘não, o prefeito tem que assinar isso e isso, para depois vocês receberem’, só que a gente nunca recebeu. Ele até hoje não assinou a documentação para pagar. A gente já foi procurar ele mesmo [o prefeito Paulo Henrique], aí ele fala ‘não, vou dar um jeito, vou pagar’, só que até o momento nada”, desabafou.

Outro lado

O GP1 tentou entrar em contato com o prefeito, mas até o momento, somente o vice-prefeito da cidade de União, Lauro Nery de Castro (PT), se pronunciou. Segundo o próprio, Paulo Henrique, está viajando desde a semana passada, para Las Vegas, nos Estados Unidos, e só estará disponível para falar sobre o caso na próxima sexta-feira (18).

"Hoje a prefeitura é fechada, hoje é feriado municipal. E amanhã eu posso está vendo isso direito com você, porque o prefeito está viajando e chega na sexta-feira, eu assumo até amanhã. No caso seria melhor você entrar em contato, na sexta-feira", afirmou.

Ainda de acordo com Lauro Nery, as instituições públicas de administração de União estão temporariamente fechadas em função do feriado do dia do Professor e o feriado municipal de Nossa Senhora dos Remédios. "Quanto ao feriado, já fui eu que decretei ponto facultativo, porque terça-feira (15) foi dia do professor, na segunda-feira (14) com certeza a educação ia enforcar. Eu também já tinha chamado uma equipe para dedetizar o prédio da prefeitura, tinha muito rato, muita barata. Aí eu chamei eles para fazerem esse serviço na segunda-feira. Então, são dois dias parados na administração, segunda parado, terça vão fazer a limpeza e hoje [feriado municipal em União, dia de Nossa Senhora dos Remédios, padroeira da cidade] seria feriado e por conta disso eu decidi dar ponto facultativo. Hoje tudo parado aqui, agora amanhã volta ao normal", finalizou.

Mais conteúdo sobre: