Santo Antonio de Lisboa - PI

Prefeito Welington Carlos nega que tenha sido preso pela PRF

O advogado Fernando Leal explicou que o chefe do executivo municipal foi apenas conduzido para a Central de Flagrantes de Teresina, onde prestou esclarecimentos e indicou a pessoa que vendeu a Hilux.

BÁRBARA RODRIGUES
DE TERESINA
- atualizado

O advogado Fernando Leal, em direito de resposta, negou que o prefeito de Santo Antônio de Lisboa, Welington Carlos, tenha sido preso após uma abordagem da Polícia Rodoviária Federal no Piauí (PRF-PI) que constatou que o gestor estava em um veículo roubado e com placa clonada nesta quinta-feira (22).

Fernando Leal explicou que o chefe do executivo municipal foi apenas conduzido para a Central de Flagrantes de Teresina, onde prestou esclarecimentos e indicou a pessoa que vendeu a Hilux. Foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência, mas não ele foi acusado de receptação dolosa.

  • Foto: Facebook/Wellington CarlosPrefeito Wellington CarlosPrefeito Welington Carlos

“Ele foi apenas prestar depoimento na Central de Flagrantes após a PRF constatar que o veículo era produto de furto, indo inclusive no meu carro, e não em veículo da Polícia Rodoviária Federal para a central. Lá ele prestou os devidos esclarecimentos, tendo inclusive indicado a pessoa que lhe vendeu o citado veículo e já se comprometeu a prestar depoimento perante a polícia para dar continuidade à investigação. Em face do prefeito foi apenas lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência, mas não foi acusado de receptação dolosa”, explicou o advogado.

Em publicação na sua página do Facebook, o prefeito Welington Carlos disse que o automóvel foi adquirido "de forma legal, pelo valor de mercado, e a pessoa que me vendeu o veículo, Eliel de Moura Sousa já está sendo intimado para que esclareça à polícia a origem do veículo”.

  • Foto: Facebook/Welington CarlosPostagem realizada por Welington CarlosPostagem realizada por Welington Carlos