Esportes

Presidente do Picos participa de reunião na Federação de Futebol do Piauí

Presidentes de clubes piauienses de futebol vão discutir formato do campeonato de 2020.

José Maria Barros
Picos

O presidente da Sociedade Esportiva de Picos, Rodrigo Lima, o P2, participa nesta terça-feira, 29, de uma reunião do conselho técnico da Federação de Futebol do Piau O encontro será às 16 horas e contará com os dirigentes dos oito clubes que disputarão o Campeonato da Primeira Divisão em 2020.

Além dos dirigentes da Federação, participam da reunião os presidentes do Picos e Timon, que conseguiram o acesso recentemente, do River, Flamengo, Altos, Parnahyba, 4 de Julho e Piauí, que disputaram o campeonato deste ano.

  • Foto: José Maria Barros/GP1Presidente do Picos, Rodrigo LimaPresidente do Picos, Rodrigo Lima

Rodrigo Lima disse que já confirmou presença na reunião e levará algumas sugestões para a pauta de discussões. Segundo ele, com a participação de oito equipes o campeonato do próximo ano deve ser longo, com pelo menos 14 jogos de ida e volta.

“A CBF disponibilizou um calendário de 16 datas para os campeonatos estaduais. Lá teremos que entrar num consenso! De repente pode ser dividido em dois grupos de quatro equipes, com jogos de ida e volta, o que diminuiria muito os gastos, principalmente com viagens” – segure Rodrigo Lima.

O cartola picoense disse que essa é uma das propostas que pode apresentar na reunião, mas, admite que tem a possibilidade de ser um campeonato de pontos corridos, ou manter o modelo desse ano, onde no primeiro turno somente jogos de ida e no segundo turno jogos de volta, com semifinal e final, que já é tradição no Piauiense.

“São apenas propostas para discutirmos, pois ainda não será o arbitral, mas uma reunião do conselho técnico. O certo é que já temos uma previsão de que a pré-temporada deve começar no dia 26 de dezembro deste ano e, o primeiro jogo do Piauiense de 2020 seria entre os dias 16 e 19 de janeiro”, anunciou Rodrigo Lima, presidente da Sep.

O encontro de amanhã será o primeiro entre os representantes dos clubes da Primeira Divisão e a Federação de Futebol do Piauí, que pretende ouvir os cartolas e começar a moldar como será a competição no próximo ano.