Política

Presidente do PT critica João de Deus e diz que Rejane Dias não é uma boa opção para o partido

"O único nome com reais chances de vencer a prefeitura de Teresina é o do senador Wellington Dias e se ele não quiser concorrer vamos buscar uma aliança", avaliou Francisco Sales.

Germana Chaves
Teresina

Imagem: ReproduçãoClique para ampliarFrancisco Sales(Imagem:Reprodução)Francisco Sales
As divergências dentro do Partido dos Trabalhadores estão longe de se dissipar. A desunião esta em torno da definição de nomes para disputar a prefeitura de Teresina em 2012. O PT estadual não se mostra contrário ao nome da deputada estadual, Rejane Dias. Mas, em contrapartida, o PT local é totalmente contra ao nome da deputada.

O presidente do partido em Teresina, Francisco Sales falou ao GP1 que a entrada de Rejane é uma oligarquia e que ela não seria uma boa opção para representar a sigla. “O único nome com reais chances de vencer a prefeitura de Teresina é o do senador Wellington Dias e se ele não quiser concorrer vamos buscar uma aliança. A deputada não é uma boa opção para representar o partido. Não queremos entrar só para marcar lugar, e sim para vencer”, avaliou.

Sales disparou também contra João de Deus que criticou a postura do diretório municipal do PT por ser contra ao nome de Rejane. Sales disse que estranha a opinião do deputado, já que o mesmo expulsou um ex-prefeito do partido por que o acusou de empregar um parente na prefeitura de José de Freitas. “Não entendo o porquê, o deputado João de Deus mudou de idéia, já que quando ele era presidente estadual do PT, expulsou Pedro Paulo que havia sido eleito prefeito de José de Freitas, porque resolveu colocar seu pai como secretario de administração. Então, porque que com a deputada [Rejane Dias] é diferente? Wellington Dias, seu esposo, é senador e pretende concorrer às eleições de 2014. Ficaria um na prefeitura e outro no Governo? Isso não é oligarquia? Claro que é”, afirmou.


Mais conteúdo sobre: