Teresina - PI

Presos são liberados por risco de desabamento na Major César

Segundo o diretor da Sinpoljuspi, Kleiton Holanda, o grande número de beneficiados foi apenas uma estratégia para “esvaziar” a unidade prisional, que sofre risco de desabamento.

Andressa Martins
Teresina
Natalia Lima
Teresina
- atualizado

Em denúncia ao GP1, o diretor do Sindicato dos Policiais Civis Penitenciários e Servidores da Secretaria de Justiça do Piauí, Kleiton Holanda, informou que 480 presos da Penitenciária Major César foram liberados como estratégia para “esvaziar” a unidade prisional, que sofre risco de desabamento.

Kleiton destacou que dos 500 presos, apenas 350 teriam direito ao “saidão”. Dos presos liberados, 26 são da Penitenciária Feminina e 480 da Major César.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Penitenciária Major César Penitenciária Major César

“Situação dramática”

“A situação é dramática. Do jeito que está corre o risco de desabar na cabeça de algum detento ou servidor, pois a estrutura está toda comprometida por causa do tempo e da falta de manutenção”, explicou.

População prejudicada

Kleiton observou que a população sai prejudicada com essas saídas de presos.

“O maior prejudicado nessas horas é a população. Uma quantidade de presos absurda nas ruas enquanto a sociedade tem que ficar presa em casa, para evitar assaltos ou outro tipo de crime”, concluiu.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mais de 500 presos deixam o sistema prisional no feriado no Piauí

Cerca de 350 presos vão deixar prisão na Semana Santa, diz Sinpoljuspi