Piauí

PRF apreende 16 ambulâncias irregulares no Piauí

Foram retirados, na semana passada, 14 veículos, apenas, na capital, Teresina e dois em Parnaíba, litoral do Piauí.

RENAYRA DE SÁ E FRANCISCA PINTO, DO GP1

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu 16 ambulâncias piauienses que estavam transitando de forma irregular no estado. Foram retirados, na semana passada, 14 veículos, apenas em Teresina e dois em Parnaíba, litoral do Piauí.

De acordo com o inspetor Fábio Loiola, a PRF notou que haviam sido registrados diversos casos de acidente envolvendo ambulâncias nas BR’s do estado, e, portanto, resolveram intensificar a fiscalização dos veículos. “As ocorrências vinham registrando muitos óbitos e feridos também, então, passamos a nos questionar sobre a regularidade delas [ambulâncias], bem como sobre a capacitação dos motoristas. A fiscalização da PRF é por amostragem, ou seja, analisamos os cenários através dos fatos e estatísticas e, a partir dessa análise, montamos a estrutura de forma a melhor atender a sociedade”, disse ao GP1.

Imagem: Divulgação/PRFPRF apreende 16 ambulâncias irregulares no Piauí(Imagem:Divulgação/PRF)PRF apreende 16 ambulâncias irregulares no Piauí
Dentre as irregularidades encontradas, o inspetor Tony Carlos, apontou veículos sem licenciamento, pneus lisos, carrocerias quebradas, falta do uso do cinto de segurança, ambulâncias contaminadas, após atendimento, através do transporte de pacientes, além da superlotação.

“Pessoas são transportadas com portas fechadas ou amarradas por fora, o que tira a possibilidade de saírem dos compartimentos da ambulância, pois as portas só abrem por fora. Temos ainda a questão de saúde pública, as pessoas são contaminadas ao serem transportadas em ambulâncias sujas e infectadas. Um caso que o posso citar como exemplo, a maca e o piso do veículo ainda sujo de sangue e com seis passageiros, sendo que nenhum destes estava doente”, disse o inspetor Tony Carlos que participou da fiscalização.
Imagem: Divulgação/PRFForam retirados, na semana passada, 14 veículos, apenas em Teresina e dois em Parnaíba(Imagem:Divulgação/PRF)Foram retirados, na semana passada, 14 veículos, apenas em Teresina e dois em Parnaíba
O inspetor ainda explicou como funcionou o processo de fiscalização dos veículos. “Usamos a seguinte dinâmica na fiscalização das ambulâncias irregulares chegando a Teresina, com doentes ou acidentados, foi permitido que as ambulâncias deixassem tais pessoas nos hospitais e ordenado aos condutores que retornassem para a UOP, para demandas legais ao veículo, ambulâncias saindo ficavam retidas e as prefeituras providenciam outro meio de transporte. Todos obedeceram às ordens emanadas e não houve nenhum contra tempo que prejudicasse a atendimento das pessoas doentes”, esclareceu Tony Carlos.

Em relação ao período eleitoral, período em que veículos são utilizados para transporte de eleitores, Fabricio disse que a PRF vai combater esse tipo de transporte. “A PRF está atenta e vai atuar em conjunto com as outras polícias e com o TER, combatendo o uso de ambulâncias para o transporte de eleitores”, finalizou o inspetor Fabrício.

Mais conteúdo sobre: