Teresina - PI

Procon autuou seis postos de combustíveis em 2 meses em Teresina

O Procon realizou fiscalizações em um total de 33 postos de combustíveis na Capital. Os maiores problemas foram relacionados a medição das bombas, que apresentavam vazão.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

A parceria do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), com o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-PI) e a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), resultou em seis autuações a postos de combustíveis em Teresina nos meses de dezembro de 2019 e janeiro de 2020.

De acordo com o Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI), o Procon realizou fiscalizações em um total de 33 postos de combustíveis na Capital. Os maiores problemas foram relacionados a medição das bombas, que apresentavam vazão.

  • Foto: Divulgação/AscomAmostras de combustíveis são coletadasAmostras de combustíveis são coletadas

Devido ao problema, o consumidor acabava pagando por um preço e não recebia a quantidade devida do combustível. A fiscalização do Procon, apontou que a diferença, por causa da fraude, variava entre 80 ml e 235 ml a cada 20 litros vendidos.

O Procon ainda encontrou e recolheu produtos vencidos em quatro estabelecimentos, todos no mês de dezembro. Após testes preliminares, a ANP recolheu quatro amostras para análise em laboratório, em virtude de indícios de fraude.

As empresas autuadas têm o prazo de 15 dias para apresentar defesa.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Procon fiscaliza 18 postos de combustíveis em Teresina

Procon interdita quatro postos de combustíveis irregulares em Teresina

Procon fiscaliza 14 postos de combustíveis em Teresina