Política

Procurador investiga irregularidades na gestão de Seu Dua

O procurador Tranvanvan destacou a necessidade de colher mais informações sobre a aplicação dos recursos.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

O Ministério Público Federal no Piauí (MPF-PI), por meio do procurador da República Tranvanvan da Silva Feitosa, instaurou um inquérito civil com o objetivo de investigar supostas irregularidades na prefeitura de Regeneração, na gestão do ex-prefeito Eduardo Alves Carvalho, mais conhecido como Seu Dua.

Havia sido instaurado no MPF-PI uma notícia de fato noticiando supostas irregularidades na prestação de contas dos recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) recebidos pelo município de Regeneração nos exercícios 2014 e 2015.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Ministério Público Federal no Piauí (MPF/PI) Ministério Público Federal no Piauí (MPF/PI)

O procurador Tranvanvan destacou a necessidade de colher mais informações sobre a aplicação dos recursos, principalmente porque foi solicitada para a Assessoria de Pesquisa e Análise Descentralizada (Asspa) informações sobre a prestação de contas.

Ele então instaurou o inquérito e determinou que seja encaminhado um ofício ao Coordenador-Geral de Contabilidade e Acompanhamento de Prestação de Contas do FNDE solicitando informações sobre os recursos recebidos pelo município de Regeneração. O inquérito foi instaurado por meio da portaria de nº 119 de 5 de novembro.

Outro lado

O ex-prefeito não foi localizado pelo GP1.