Arraial - PI

Procuradora investiga denúncias na área da Saúde em Arraial

A portaria nº 45 foi assinada na última sexta-feira (09), pela procuradora da República Cecília Vieira de Melo Sá Leitão.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O Ministério Público Federal no Piauí instaurou inquérito civil para investigar denúncia de irregularidades na Prefeitura de Arraial, administrada pelo prefeito Numas Pereira Porto. A portaria nº 45 foi assinada na última sexta-feira (09), pela procuradora da República Cecília Vieira de Melo Sá Leitão.

O objetivo é investigar denúncia de diversas irregularidades na área da Saúde no município, dentre elas: ambulâncias quebradas, não liberação de ambulância para transporte de pacientes a Teresina, apenas para Floriano, secretária de Saúde residente em Teresina, uso indevido das ambulâncias por terceiros, com “pessoas fazendo compras”.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Numas Porto, Prefeito de Arraial Numas Porto, Prefeito de Arraial

Foi denunciada também a falta de médicos, que estariam apenas “no papel”, “hospital fantasma”, sem equipamentos, insumos, médicos, além da superlotação no Hospital Tibério Nunes”, em Floriano, o que faz com que os pacientes que sejam encaminhados para lá voltem sem resolver o problema.

Inicialmente foi aberto um procedimento preparatório, no entanto, levando em consideração a necessidade da realização de novas diligências visando aclarar os fatos, bem como a iminência do vencimento do prazo de tramitação procedimental, foi aberto inquérito civil.

Outro lado

O prefeito não foi localizado pelo GP1.