Campo Maior - PI

Professor Ribinha tem candidatura à reeleição deferida pela Justiça

O Ministério Público pediu impugnação da chapa, alegando que o candidato não demonstrou os requisitos legais de demonstração de ausência de causas de inelegibilidade, mas o juiz não acatou o pedido.

Thais Guimarães
Teresina
- atualizado

A Justiça Eleitoral deferiu a candidatura do prefeito de Campo Maior, Professor Ribinha (PT), que concorre à reeleição. O deferimento foi proferido pelo juiz Júlio César Menezes Garcez, da 96ª Zona Eleitoral. A vice de Professor Ribinha, Cíntia Melo (PL), também teve candidatura deferida.

Após a coligação do atual prefeito registrar candidatura, o Ministério Público Eleitoral entrou com pedido de impugnação, alegando que o candidato não demonstrou os requisitos legais de demonstração de ausência de causas de inelegibilidade.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Professor Ribinha no cultoProfessor Ribinha

O juiz Júlio César Menezes destacou que, em uma breve consulta na última lista dos gestores que tiveram suas contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI), verificou que não consta o nome de Professor Ribinha.

“Quanto ao impugnado ter ou não processo de prestação de contas julgado ou não na casa legislativa, caberia ao impugnante colacionar provas nesse sentido, e não apenas fazer suposições, portanto, não há que se falar em inelegibilidade quanto a estes pontos relatados pelo impugnante”, ressaltou o magistrado no ato do deferimento da candidatura.