Piauí

Professores da rede estadual decidem manter greve no Piauí

Os professores da rede estadual entraram em greve no mês de junho e já somam-se 34 dias de atividades paralisadas.

Andressa Martins
Teresina
- atualizado

Professores da rede estadual filiados ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública (SINTE-PI) decidiram manter greve após assembleia geral na manhã desta quarta-feira (11). Estiveram presentes professores de todo o estado.

Os professores da rede estadual entraram em greve no mês de junho e já somam-se 34 dias de atividades paralisadas. O motivo da greve se dá pelo não cumprimento do Acordo Judicial de reajuste salarial. O Governo do Estado firmou o compromisso de dois reajustes, um de 6,81% para professores e outro de 3,95% para docentes e funcionários das escolas.

  • Foto: SINTEProfessores realizam assembleia e decidem continuar greveProfessores realizam assembleia e decidem continuar greve

A categoria vai realizar panfletagens nas escolas e praças durante os dias 12 e 13. Na próxima segunda-feira (16) os professores vão se reunir às 8h em uma Marcha pela Educação. O movimento terá concentração no Teatro de Arena, que fica na Praça da Bandeira, no Centro de Teresina. A categoria se desloca até o Palácio de Karnak e finaliza o movimento no IASPI.

Na terça (17), a categoria realiza nova assembleia para tratar sobre a continuidade ou não da greve.