Barras - PI

Promotor investiga festas realizadas em postos de combustíveis de Barras

O promotor Glécio Paulino Setúbal informou que recebeu a informação sobre a prática de grandes aglomerações em postos de combustíveis.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

O Ministério Público do Estado do Piauí, por meio do promotor Glécio Paulino Setúbal, instaurou um inquérito civil, no dia 28 de setembro, com o objetivo de investigar a realização de festas em postos de combustíveis da cidade de Barras.

O promotor informou que recebeu a informação sobre a prática de grandes aglomerações em postos de combustíveis, principalmente durante as madrugadas dos finais de semana, com veículos estacionados e músicas em volume alto em meio às bombas de combustível.

  • Foto: Alef Helio/GP1Ministério Público do Estado do PiauíMinistério Público do Estado do Piauí

“Postos de combustíveis não são locais apropriados para realização de eventos, festas ou qualquer reunião de pessoas para fins de entretenimento, sendo que, no caso em foco, a atividade tem trazido incômodos aos moradores das proximidades e para a população em geral (já que as aglomerações geradas podem implicar no aumento do número de casos de pessoas infectadas pela COVID-19), mostrando que o problema deve ser disciplinado pelas gestões públicas”, disse Glécio Setúbal.

Ele ainda destacou que “no local existem tanques subterrâneos de milhares de litros de combustíveis, sendo inerente o risco de explosão por conta de excesso de vibração, como ruídos de alto-falantes veiculares, e conduta imprudente de tabagistas e uso de celulares nas proximidades das bombas”.