Morro do Chapéu do Piauí - PI

Promotor investiga vereador por receber salário indevidamente no Piauí

A portaria nº 49/2020 foi assinada pelo promotor de Justiça, Adriano Fontenele Santos, na sexta-feira (31).

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O Ministério Público do Estado do Piauí instaurou procedimento preparatório para investigar denúncia contra o vereador de Morro do Chapéu do Piauí, Francisco Silva Albuquerque, acusado de receber indevidamente remuneração durante gozo de licença saúde. A portaria nº 49/2020 foi assinada pelo promotor de Justiça, Adriano Fontenele Santos, na sexta-feira (31).

O promotor considerou as informações preliminares coletadas no âmbito da Notícia de Fato nº 83/2019, instaurada em razão de representação encaminhada pela Câmara Municipal de Morro do Chapéu do Piauí relatando suposto recebimento indevido de remuneração por parte do vereador Francisco Silva Albuquerque, referente ao mês de junho/2019, período em que ele esteve licenciado das funções legislativas por motivo de saúde.

O membro do Ministério Público determinou a expedição de ofício à Câmara Municipal de Morro do Chapéu do Piauí para que, no prazo de 10 dias, encaminhe cópias dos contracheques do vereador Francisco Silva Albuquerque referentes aos meses de maio/2019 e junho/2019.

As informações solicitadas deverão ser encaminhadas, no prazo de 10 dias, para o e-mail: [email protected]

Outro lado

Procurado, nessa segunda-feira (03), o vereador Francisco Silva não foi localizado pelo GP1.