São João do Arraial - PI

Promotor pede que prefeita Vilma Lima suspenda licitações presenciais

O promotor destacou que durante esse período o próprio Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) tem determinado a suspensão das licitações presenciais.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

O promotor Carlos Rogério Beserra da Silva, do Ministério Público do Estado, determinou no dia 29 de abril, que a prefeita de São João do Arraial, Vilma Lima, suspenda as licitações presenciais durante o período de pandemia do novo coronavírus.

O promotor destacou que durante esse período o próprio Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) tem determinado a suspensão das licitações presenciais, com o objetivo de evitar aglomerações e tem incentivado a modalidade no estilo eletrônico apenas para casos essenciais.

  • Foto: Facebook/Vilma LimaPrefeita Vilma LimaPrefeita Vilma Lima

“Para o TCE-PI, é incabível manter as sessões públicas presenciais de licitações que objetivam a contratação de objetos que não dizem respeito ao enfrentamento da emergência de saúde pública enquanto perdurarem os decretos de isolamento social. Indo de encontro às recomendações de proteção à saúde pública e põe em risco, também, os próprios servidores que compõem as Comissões de Licitações ou ocupam cargos de Pregoeiro ou equipe de apoio, que ficam expostos e nem sempre recebem adequados EPIs (equipamentos de proteção individual) para a continuidade dos trabalhos”, explicou o promotor.

Carlos Rogério disse que a suspensão deve acontecer enquanto perdurar as medidas das autoridades públicas de que se evite a aglomerações de pessoas em ambientes fechados, bem como deve ocorrer a suspensão das atividades dos setores relacionado aos objetos licitados.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Coronavírus: TCE-PI orienta prefeitos sobre contratação de pessoal

TCE-PI suspende licitações de R$ 19 milhões de órgãos estaduais

Coronavírus: TCE suspende sessões de licitações presenciais do Idepi