Luís Correia - PI

Promotor pede que prefeito Kim Caranguejo mantenha comércio fechado

O governador Wellington Dias (PT) anunciou na segunda-feira (30) que prorrogou a suspensão das aulas e o fechamento do comércio para 30 de abril.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

O promotor Galeno Aristóteles Coêlho de Sá, do Ministério Público do Estado, expediu recomendação ao prefeito de Luís Correia, Kim do Caranguejo, onde pede que ele mantenha os esforços para contenção do novo coronavírus, principalmente com o fechamento do comércio.

A recomendação foi publicada no Diário do Ministério Público de 30 de março e nela o promotor pede que município de Luís Correia continue com os esforços para contenção do contágio, cumprindo fielmente os decretos municipais já expedidos, assim como os decretos estaduais, especialmente o referente as medidas excepcionais, como fechamento do comércio.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Kim do CaranguejoKim do Caranguejo

O governador Wellington Dias (PT) anunciou na segunda-feira (30) que prorrogou a suspensão das aulas e o fechamento do comércio para 30 de abril. O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB) também prorrogou a suspensão das atividades comerciais até 30 de abril.

“A adoção de medidas preventivas à contaminação por doença de propagação coletiva deve ser exigida pelo Poder Público, que, nos termos do art. 216, deve garantir o direito à saúde de todos mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação", afirmou o promotor.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Wellington Dias prorroga decretos e quarentena vai até 30 de abril

Após quarentena, Rede Clube anuncia volta do PITV1

Covid-19: decretos de Wellington Dias e Firmino Filho entram em vigor