Teresina - PI

Quadrilha presa pelo Greco é acusada de estourar caixa do Grupo Mateus

A informação foi confirmada ao GP1, pelo delegado Gustavo Jung, do Grupo de Repressão ao Grupo Organizado – Greco. O crime foi praticado na manhã da sexta-feira 4 de setembro, por volta das 6h.

Fábio Wellington
Teresina

Os cincos integrantes de uma quadrilha suspeita de roubos a caixas eletrônicos e cofres que foram presos na tarde desta quinta-feira (17), são os principais suspeitos de estourar e roubar o caixa do centro de distribuição do Grupo Mateus, localizado na Avenida Joaquim Nelson, na zona sudeste de Teresina. Os presos foram identificados apenas pelas iniciais J. M. L, J. L. dos S, F. C.A. da S, J. S. A. e D. A. da S.

A informação foi confirmada ao GP1 pelo delegado Gustavo Jung, do Grupo de Repressão ao Grupo Organizado – Greco. O crime foi praticado na manhã do dia 4 de setembro, por volta das 6h.

  • Foto: Brunno Suênio/GP1Restos do caixaRestos do caixa

“Sim, suspeitos de que eles também tenham praticado esse crime. Os indícios são muito fortes. Identificamos e localizamos esses cincos presos dentro das investigações que sobre o roubo a distribuidora do Grupo Mateus”, afirmou o delegado.

Entenda o caso

A Polícia Civil do Piauí, por meio do Greco, com o apoio operacional da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) e da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Piauí (SSP-PI), realizou a prisão de cinco pessoas na zona leste de Teresina.

Segundo a Polícia Civil, suspeitos foram presos com veículos roubos, e sob acusados de associação criminosa e posse de armas de grosso calibre.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Bandidos explodem caixas eletrônicos do Grupo Mateus em Teresina

Greco prende 5 suspeitos de estourar caixas eletrônicos em Teresina