Economia e Negócios

Reajuste do salário mínimo fica abaixo da inflação pelo segundo ano

O governo pretende compensar o valor de 1,78% no salário mínimo de 2019.

ANDRESSA MARTINS

- atualizado

O reajuste do salário mínimo, que este ano foi de apenas R$ 17 reais, ficou abaixo da inflação pelo segundo ano consecutivo. O salário passou de R$ 937 para R$ 954, tendo o menor aumento em 24 anos.

No ano passado a correção do salário mínimo já havia ficado abaixo da inflação. Ao passo que o INPC acumulado em 2016 foi de 6,58%, o valor foi reajustado em 6,48%, representando uma perda de 0,10%.

  • Foto: DivulgaçãoSalário mínimo ideal já passa de R$ 4 mil, diz DieeseReajuste do salário mínimo fica abaixo da inflação

Em dois anos, a perda acumulada é de 0,34%, de acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), que defende que o governo faça um novo reajuste em fevereiro, elevando o valor do salário para R$ 958.

"O governo deveria reconhecer que estimou um valor abaixo, que a inflação efetiva no período de 2016 e 2017 foi superior àquela estimada para o reajuste, e fazer a correção já no mês de fevereiro", afirmou o diretor técnico do Dieese, Clemente Ganz Lúcio.

Compensação em 2019

O governo informou que pretende compensar o valor de 1,78% que está faltando no cálculo do reajuste em 2019. O Ministério do Planejamento informou que “não está descumprindo a lei que fixa a variação do salário mínimo”.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB