Política

Rejane Dias vai comandar Frente Parlamentar de Enfrentamento à Violência

Segundo a parlamentar piauiense, o grupo vai atuar em combate a violência nas escolas de todo o país.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

Foi lançada nesta quarta-feira (15), na Câmara dos Deputados, a Frente Parlamentar de Enfrentamento à Violência nas Escolas, que será coordenada pela deputada federal, Rejane Dias (PT-PI).

Segundo a parlamentar piauiense, o grupo vai atuar em combate a violência nas escolas de todo o país. A deputada federal se posicionou ainda, por meio de suas redes sociais, contra o corte de 30% de verbas, feito pelo Ministério de Educação (MEC), que seriam destinadas as universidades públicas do país. Além disso, a parlamentar também reclamou do bloqueio de R$ 33 milhões que a Universidade Federal do Piauí (UFPI) deve sofrer.

Além de comandar a nova Frente Parlamentar, Rejane Dias também faz parte da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, que recebeu nesta quarta-feira (15) o ministro da educação, Abraham Weintraub, para debater os objetivos a médio e longo prazo para a pasta.

A presença foi solicitada pelo deputado federal Diego Garcia (PODE-PR) e a audiência foi proposta pelos deputados Idilvan Alencar (PDT-CE), Alice Portugal (PCdoB-BA), Raul Henry (MDB-PE), Professora Rosa Neide (PT-MT), deputado José Ricardo (PT-AM), Bira do Pindaré (PSB-MA), Danilo Cabral (PSB-PE), Átila Lira (PSB-PI), Ivan Valente (Psol-SP), Dr. Jaziel (PR-CE), Bacelar (Pode-BA) e Felipe Rigoni (PSB-ES).

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Arimatéia Dantas diz que UFPI pode parar de funcionar ainda em 2019

Arimateia Dantas diz que HU não terá corte de 100% em recursos