Mundo

Retrospectiva: Veja o que foi destaque no mundo no ano de 2017

Ataques terroristas e cibernéticos foram um dos fatos que marcaram o ano de 2017 no mundo.

Andressa Martins
Teresina
- atualizado

O GP1 reuniu os principais fatos que marcaram o ano de 2017 no mundo com assuntos variados, como política, segurança, religião, tragédias. Uma série de acontecimentos que foram destaques, reunidos nesta retroscpetiva, mês a mês.

JANEIRO

Ataque terrorista

Na primeira madrugada do ano de 2017, três pessoas vestidas de Papai Noel entraram em uma boate em Istambul, na Turquia e abriram fogo contra pessoas que celebravam o Ano Novo. O ataque deixou 39 pessoas mortas e 69 feridas. O suspeito de ser o autor do ataque, Abdulkadir, foi preso dias após a tragédia.

Tragédias

Também no dia 1º de Janeiro, um incêndio atingiu um navio na capital da Indonésia e deixou pelo menos 23 pessoas mortas e 17 desaparecidas. O navio fazia o transporte de 230 pessoas e 194 foram resgatadas com queimaduras graves. O incêndio foi provocado por um curto-circuito em um gerador do barco.

Outra tragédia que marcou o mundo no início do ano foi a queda de um avião turco próximo ao aeroporto de Mana, no Quirguistão, matando ao menos 37 pessoas, a maioria moradores de um vilarejo atingido pelo avião. O Boeing 747 tentava aterrissar sob forte neblina, quando caiu.

Destaques políticos

  • Foto: Fátima Meira/Futura Press/Estadão ConteúdoRodrigo Janot Rodrigo Janot

  • Os ânimos se acirraram quando o assunto foi política no mundo. Por conta dos escândalos de corrupção no Brasil, Rodrigo Janot, então procurador-Geral do país e Pablo Sánchez Velarde, Procurador-Geral do Peru, assinaram um acordo entre os dois países no combate a corrupção. Apesar do acordo, membros do Judiciário brasileiro ainda tomam decisões em benefício de políticos.

Posse

No dia 20, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tomou posse. Para protestar contra seu governo, que ainda nem tinha começado, manifestantes ocuparam as ruas de Washington. Durante a posse, 95 pessoas foram presas e quase 30 mil agentes de segurança foram convocados. No dia 28 a Justiça Federal dos EUA emitiu ordem que impede o país de deportar estrangeiros de sete países mulçumanos escolhidos por Donald Trump.

  • Foto: REUTERS/Kiyoshi Ota/PoolDonald TrumpDonald Trump

FEVEREIRO

Corrupção

No dia 11 de fevereiro dois jornalistas brasileiros foram detidos pelo Serviço Boliviano de Inteligência Nacional, na Venezuela. Os repórteres faziam uma reportagem investigando denúncias de corrupção sobre a construtora Odebrecht. A embaixada e o consulado brasileiro em Caracas foram acionados e os brasileiros soltos. No dia 16 o Ministério Público da Venezuela decidiu bloquear todas as contas da Odebrecht, a empreiteira repassou propina no valor de R$ 98 milhões a agentes públicos, políticos e autoridades do país.

  • Foto: Odebrecht / divulgaçãoEmpreiteira OdebrechtEmpreiteira Odebrecht

Encontrado morto

Do outro lado do mundo o meio-irmão do ditador norte-coreano Kim Jong-um foi assassinado. O corpo deKim Jong-nam foi encontrado em um aeroporto na Malásia. Dias após a morte, o laudo constatou que a morte se deu por um componente químico chamado de agente nervoso XV. O presidente dos EUA, Donald Trump, acusa o ditador de mandar matar o próprio irmão.

  • Foto: Kyodo/Reuters/VEJA/VEJA/VEJA/VEJADitador norte-coreano, Kim Jong-unDitador norte-coreano, Kim Jong-un

Homenagem

Já em Medelín, na Colômbia, uma atitude chamou atenção do mundo. Um casal de empresários abriu um bar temático em homenagem ao time de futebol brasileiro Chapecoense, que sofreu um acidente um acidente aéreo que deixou dezenas de vítimas em novembro de 2016.

Foto: Divulgação/Café Bar ChapecoenseBar temático em homenagem ao time da Chapecoense em MedelínBar temático em homenagem ao time da Chapecoense em Medelín

    MARÇO

    O Papa Francisco representa uma modernidade dentro da Igreja Católica e em março, durante entrevista a um jornal alemão, o pontífice disse que precisa estudar a possibilidade de ordenar homens casados com fé comprovada. Essa também seria uma saída para a falta de padres.

    • Foto: Alessandro Bianchi/ReutersPapa FranciscoPapa Francisco

    Atentados

    No primeiro domingo (5) de março, o governo do Japão informou que a Coreia do Norte lançou quatro mísseis balísticos em direção ao Mar do Leste (Mar do Japão). O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, considerou os testes como “uma provocação muito séria”.

    No dia 15 um homem-bomba vestido com uniforme militar detonou explosivos dentro do Palácio da Justiça em Damasco, na Síria. Pelo menos 30 pessoas morreram no ataque. Ao mesmo tempo acontecia outro ataque em um restaurante a poucos metros do palácio.

    • Foto: Louai Beshara/AFPAtaque no Palácio de Justiça em Damasco deixa 30 mortosAtaque no Palácio de Justiça em Damasco deixa 30 mortos

    No dia seguinte, uma carta-bomba explodiu assim que foi aberta no escritório do Fundo Monetário Internacional (FMI) no centro de Paris, na Franca. Uma pessoa ficou levemente ferida, mas não houve vítima fatal.

    “Um dia sem mulheres”

    No dia 8 de março, mulheres de 51 países se uniram com o objetivo de fazer uma greve geral. “Um dia sem mulheres” foi um protesto para mostrar o quanto o trabalho das mulheres é essencial para o andamento do mundo. Mulheres que participaram do protesto não exerceram afazeres domésticos e profissionais durante o dia.

    “Vergonha mundial”

    A chanceler da Venezuela, Delcy Rodríguez, afirmou durante o Fórum Chávez Anti-imperialista, que o Brasil se tornou uma “vergonha mundial” após a ex-presidente Dilma ter sofrido um impeachment.

    • Foto: André Dusek/Estadão ConteúdoMichel Temer defende carne brasileiraMichel Temer defende carne brasileira

    Operação Carne Fraca

    Após o escândalo da Operação Carne Fraca, que desvendou o esquema de empresas como a JBS e BRF (donas da Friboi, Seara, Swift, Sadia e Perdigão) que vendiam carne estragada no Brasil, a Coreia do Sul, México, Japão e China suspenderam a compra de carne brasileira e tirou o produto já existente das prateleiras.

    ABRIL

    Estado Islâmico x Papa Francisco

    Um jovem de apenas 17 anos de Nova Jersey, nos EUA, se declarou culpado por um complô com o Estado Islâmico para matar o papa Francisco durante sua visita ao país em 2015. Ele tentou recrutar um franco-atirador para matar o pontífice.

    Ataques

    No Egito, durante as comemorações do Domingo de Ramos, duas igrejas cristãs coptas foram atingidas por duas explosões. Ao menos 36 pessoas morreram vítimas das explosões.

    • Foto: EFEAtaque a mesquita no EgitoAtaque a mesquita no Egito
    • Perversidade

    No dia 16 um homemtransmitiu um assassinato ao vivo pelo Facebook em Cleveland, nos Estados Unidos. O vídeo foi tirado do ar, mas era possível observar ele procurando uma vítima aleatória antes de atirar. O homem foi preso dias depois.

    Briga de egos

    No dia 6 de abril o presidente dos EUA, Donald Trump, ordenou o lançamento de dezenas de mísseis contra uma base da Síria. De acordo com a CNN, 50 mísseis foram lançados. A agência France Presse afirma que foram 70.

    Os EUA lançaram um projétil conhecido como“mãe de todas as bombas” no Afeganistão e mataram 36 membros do Estado Islâmico. A Rússia, no entanto, disse ter o “pai de todas as bombas”.

    • Foto: Polícia FederalMarcelo OdebrechtMarcelo Odebrecht

    Corrupção

    A empreiteira Odebrecht foi condenada pela Justiça Federal de Nova York a pagar multa de US$ 2,6 bilhões devido ao escândalo de pagamento de propinas em 12 países da América Latina e Árica. A Odebrecht foi condenada a pagar US$ 116 milhões à Suíça, US$ 93 milhões aos Estados Unidos e US$ 2,3 bilhões ao Brasil.

    • MAIO
    • Cessar fogo
    • Após o clima esquentar, os presidentes Donald Trump e Vladimir Putin (Rússia) conversaram sobre a criação de “zonas seguras” para que uma “paz duradoura”seja obtida na Síria. Na conversa eles também tentaram resolver a “situação muito perigosa na Coreia do Norte”.
    • Foto: REUTERS/Carlos BarriaTrump e PutinTrump e Putin

    Ciberataque

    No dia 12 de maio, 74 países incluindo o Brasil, tiveram servidores de empresas e serviços públicos invadidos por um ciberataque. Todos os computadores exibiam uma mensagem pedindo o pagamento de 300 dólares para reativar o sistema. Trump declarou que a Coreia do Norte seria a responsável pelo ciberataque.

    • Foto: Reprodução/ThinkstockHospitais de câncer de SP são afetados por ciberataqueHospitais de câncer de SP são afetados por ciberataque

    Sucessor

    Hamza Bin Lade, filho de Osama Bin Laden, divulgou um vídeo em maio onde dizia se preparar para chefiar a Al Qaeda. O jovem de 28 anos pediu para que os seguidores de Osama usem quaisquer meios para atacar judeus, americanos e russos.

    Francisco recebe Trump

    Também em maio, o papa Francisco recebeu Donald Trump no Vaticano. Os dois tem posicionamentos diferentes e em alguns momentos era possível notar que o pontífice não estava a vontade. Francisco pediu que o presidente norte americano fosse instrumento de paz.

    • Foto: Alessandra Tarantino / Pool / AFP PhotoDonald Trump e Papa FranciscoDonald Trump e Papa Francisco

    Ataque terrorista

    Durante o show da cantora Ariana Grande em Manchester, na Inglaterra, uma explosão deixou 22 pessoas mortas e 59 pessoas feridas. Esse foi o pior ataque a bomba no Reino Unido desde 2005, quando 52 morreram e 700 ficaram feridos em Londres. O Estado Islâmico assumiu a autoria do ataque.

    • Foto: Polícia de Manchester via APSalman Abedi, autor do ataque em ManchesterSalman Abedi, autor do ataque em Manchester
    • JUNHO

    Ataque

    Um ataque no Complexo Resorts World, em Manila, nas Filipinas, deixou dezenas de mortos. Segundo o G1 pelo menos 36 pessoas morreram intoxicadas após um homem incendiar mesas no complexo.

    Acidente aéreo

    Um avião militar de Mianmar, com 122 pessoas a bordo, caiu nas proximidades do Mar de Andamão. Foram resgatados 62 corpos no mar após o trágico acidente.

    • Foto: Esther Htusan/APResgate dos corpos em MianmarResgate dos corpos em Mianmar

    Incêndio

    No dia 23, um incêndio de grandes proporçõescausou a morte de 79 pessoas em Londres. O prédio (Grenfell Towe) tinha 24 andares e o início do incêndio se deu por conta de um freezer. Mais de 78 pessoas ficaram feridas e precisaram de atendimento médico.

    • Foto: Natalie Oxford / AFP PhotoIncêndio em prédio de LondresIncêndio em prédio de Londres

    Acidente

    No estado de Minnesota, nos Estados Unidos, uma jovem de 19 anos matou acidentalmente o namorado em uma tentativa de produzir um vídeo para o YouTube. A “brincadeira” era para mostrar quem um livro impediria a passagem da bala, mas o rapaz morreu na hora.

    • Foto: YouTube/ReproduçãoMonalisa Perez e Pedro Ruiz Monalisa Perez e Pedro Ruiz

    JULHO

    Repercutiu

    Em julho a imprensa internacional repercutiu a condenação do ex-presidente Lula. O juiz federal Sérgio Moro condenou o petista a nove anos e seis meses na ação que envolve o caso do triplex do Guarujá.

    • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Luiz Inácio Lula da SilvaLuiz Inácio Lula da Silva

    Atentado

    No dia 17 de maio, um motorista conduzido uma van branca atropelou vários pedestres em uma das ruas mais movimentadas de Barcelona, na Espanha. Ele avançou sobre as pessoas que atravessavam a rua. Quinze pessoas morreram e 100 ficaram feridas.

    Morte trágica

    Uma turista neolaneza, de 57 anos, morreu ao ser derrubada por uma rajada de vento de um avião na ilha de Saint Martin, no Caribe. Aviões de grande pote passam muito baixo, a apenas 30 metros do chão. Os turistas são alertados ao chegar na ilha. Confira o vídeo

    AGOSTO

    "Mar de fogo"

    A Coreia do Norte ameaço responder com “um mar de fogo”às ações militares ou às sanções contra eles, após a adoção de movas medidas de pressão por parte do Conselgo de Segurança (CS) da ONU.

    • Foto: CNA/via ReutersKim Jong-Un, líder da Coreia do NorteKim Jong-Un, líder da Coreia do Norte

    Condenado

    O herdeiro da Samsung, Lee Jae-young foi condenado a cinco anos de prisão pela Justiça da Coreia do Sul. Lee pagou propina para o ex-presidente sul-coreano Park Geun-hye em troca de privilégios concedidos pelo governo à Samsung.

    SETEMBRO

    Nova gravidez

    No dia 4 de agosto o príncipe William e a duquesa de Cambridge, Kate Middleton, anunciaram a terceira gravidez. O casal já é pai de Geoge e Charlotte.

    • Foto: Andrew Matthews/APPríncipe Willian, Kate Middleton e seus filhosPríncipe Willian, Kate Middleton e seus filhos

    Desastre natural

    Um terremoto de magnitude 8,1 atingiu o México no dia 7 e deixou cerca de 300 mortos. O furacão Irma provocou mortes e destruição no Caribe e seguiu rumo aos Estados Unidos, matando 90 pessoas.

    "Novo Hitler"

    • Foto: AFPNicolás MaduroNicolás Maduro

    Também em setembro Nicolás Maduro classificou o presidente Donald Trump como “o novo Hitler”. Ele pediu uma rápida “restauração” da democracia do país produtor de petróleo, que está desmoronando.

    OUTUBRO

    Referendo

    Eleitores da Catalunha organizaram uma votação de um referendo para a independência da região. A polícia da Espanha interferiu e deixou 772 pessoas feridas. O resultado do referendo foi que 90% dos eleitores querem a separação, mas a Espanha assumiu o controle da Catalunha.

    • Foto: AP Photo/Santi PalaciosPessoas votam a favor da independência da CatalunhaPessoas votam a favor da independência da Catalunha

    Atentados

    Em Las Vegas, nos EUA, pelo menos 50 pessoas morreram e mais de 200 ficaram feridas após um atirador atacar um cassino e resort famoso. O suspeito, que tinha um arsenal de 42 armas, foi morto por policiais.

    • Foto: Arquivo pessoal/Eric Paddock via APStephen Paddock Stephen Paddock

    Dois ataques em sequência deixaram mais de 350 pessoas mortas no pior ataque terrorista da Somália, país da África Oriental que enfrenta guerra civil há mais de 20 anos. O ataque deixou centenas de feridos com queimaduras de terceiro grau.

    NOVEMBRO

    Corrupção

    Em novembro, o Comitê Anticorrupção da Arábia Saudita decretou a prisão de 11 príncipes e quatro ministros por corrupção.

    • Foto: Fahad Shadeed/ReutersPríncipe Alwaleed bin Talal está entre os presosPríncipe Alwaleed bin Talal está entre os presos

    Ataque

    Um caminhão invadiu uma ciclovia em Manhattan, em Nova York e atropelou várias pessoas. Oito morreram e onze ficaram feridas. O Estado Islâmico assumiu a autoria do ataque.

    Terremoto

    • Foto: Omid Salehi / AP PhotoEdifícios danificados em Sarpol-e-Zahab, no oeste do Irã Edifícios danificados em Sarpol-e-Zahab, no oeste do Irã

    Um terremoto de magnitude 7,3 atingiu o Irã e matou 530 pessoas. Estima-se que pelo menos 8 mil pessoas ficaram feridas.

    Carne brasileira

    Também em novembro a Rússia anunciou restrições temporárias à carne fresca bovina e suína brasileira. Essa medida é por conta da detecção de carne exportada de substâncias como ractopamina e outros estimulantes para o crescimento de massa muscular dos animais.

    • Foto: TV TemCarne para importaçãoCarne para importação

    DEZEMBRO

    Condenada

    No dia 7 a Justiça da Argentina determinou a prisão da ex-presidente Cristina Kirchner. Ela está sendo acusada de encobrir iranianos acusados pelo atentado da Associação Mutual Israelita Argentina que causou a morte de 85 pessoas em 1994.

    • Foto: Facebook/Cristina KirchnerCristina KirchnerCristina Kirchner

    "Totalmente livre"

    As forças armadas do Iraque anunciaram no dia 9 que o país está “totalmente livre” do Estado Islâmico (EL). O exército iraniano retomou o controle de toda a fronteira com a Síria.

    • Foto: ReutersJosé Maria MarinJosé Maria Marin

    Esporte

    O ex-presidente da CBF, José Maria Marin foi condenado pela Justiça dos EUA pelas seis acusações de crimes no “caso Fifa”. Ele foi condenado por dois crimes de lavagem de dinheiro, por três de fraude financeira e um por conspirar e formar uma organização criminosa.