São Miguel do Tapuio - PI

Revogada prisão de acusado de tentar matar empresário César Nogueira

A decisão é desta segunda-feira (21). O magistrado Alexandre Alberto Teodoro da Silva decidiu ainda que o vereador será julgado pelo Tribunal Popular do Júri. 

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O juiz de direito Alexandre Alberto Teodoro da Silva, da Vara Única da Comarca de São Miguel do Tapuio, decidiu revogar a prisão do vereador Reginaldo Gonçalves Lima acusado de tentar matar o empresário Nilton César Alves Nogueira, em agosto do ano passado. Antônio Cícero Moreira Bezerra, acusado de participação no crime, também teve a prisão revogada. A decisão é desta segunda-feira (21). O magistrado decidiu ainda que os dois acusados vão a julgamento pelo Tribunal Popular do Júri.

  • Foto: DivulgaçãoVereador Reginaldo GonçalvesVereador Reginaldo Gonçalves

A prisão preventiva foi substituída por medidas cautelares, quais sejam: Comparecimento mensal na sede do Fórum da Comarca de Castelo do Piauí para informar e justificar atividades, tendo fixando o dever de comparecimento em todo o dia 1 de cada mês para Antônio Cícero e todo dia 15 para o vereador; proibição para ambos de manter contato com a vítima, testemunhas do caso e entre si (entre os réus), por qualquer meio, pessoal, escrito, áudio, ligação telefônica, ou por interposta pessoa; proibição de ausentar-se da comarca de sua residência; recolhimento domiciliar no período noturno e nos dias de folga, pois os acusados possuem residência e trabalho fixos; e não andar armado ou cometer qualquer outro delito.

O crime

No dia 1º de agosto de 2018, o empresário Nilton César Alves Nogueira, proprietário da loja de veículos “César Motocar”, do “Posto Nogueira”, de uma pousada e de uma churrascaria, sofreu uma tentativa de homicídio na cidade de São Miguel do Tapuio.

  • Foto: Fátima Meira/César NogueiraCésar Nogueira César Nogueira

De acordo com informações do capitão Cruz, comandante da Polícia Militar de São Miguel do Tapuio, o empresário estava próximo aos Correios do município, quando foi abordado por um homem. “Um cara em uma moto Bros branca atirou nele e depois fugiu”, contou o militar na época do fato.

Antônio Cicero Moreira Bezerra, acusado de participação na tentativa de homicídio, foi preso no dia do crime. Menos de 48 horas depois, o vereador Reginaldo Gonçalves Lima foi preso pela Polícia Civil, na cidade de Altos, acusado da tentativa de homicídio.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Juiz nega novo pedido de liberdade ao vereador Reginaldo Gonçalves

Vereador acusado de tentar matar empresário César Nogueira é preso

Empresário sofre tentativa de homicídio em São Miguel do Tapuio