Eleições 2020

Saiba quais prefeitos não conseguiram se reeleger no Piauí

Em grandes cidades do Piauí, os atuais gestores não tiveram apoio do povo para conseguirem um segundo mandato.

Thais Guimarães
Teresina
- atualizado

Nas eleições deste ano, que ocorreram neste domingo (15), muitos prefeitos não conseguiram se reeleger. Em grandes cidades do Piauí, os atuais gestores não tiveram apoio do povo para conseguirem um segundo mandato.

De acordo com levantamento feito pelo GP1 nesta segunda-feira (16) junto à plataforma de divulgação de resultados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 23 prefeitos não conseguiram se reeleger e devem entregar o posto para o novo gestor no dia 1º de janeiro.

Uma das grandes surpresas no pleito deste ano foi a derrota de Professor Ribinha (PT), atual prefeito de Campo Maior, que acabou sendo derrotado por Joãozinho Félix (MDB), candidato que conseguiu 48,33% dos votos.

  • Foto: GP1Professor Ribinha, Kim do Caranguejo, Luiz Menezes e Carlos Monte não conseguiram se reelegerProfessor Ribinha, Kim do Caranguejo, Luiz Menezes e Carlos Monte não conseguiram se reeleger

Em Luís Correia, o prefeito Kim do Caranguejo (Progressistas) travou uma disputa acirrada contra a candidata Maninha (PL), que acabou saindo vitoriosa, com uma diferença de apenas 80 votos em relação ao atual gestor. Já em Piripiri, o cenário também foi apertado e o prefeito Luiz Menezes (Progressistas) acabou perdendo para Jôve Oliveira (PTB), que obteve 49,57% dos votos. No município de Barras, o prefeito Carlos Monte (PTB) perdeu para Edilson Capote, que obteve 50,69% dos votos.

Saiba quais prefeitos não conseguiram se reeleger:

Campo Maior - Professor Ribinha (PT) perdeu para Joãozinho Félix (MDB)

Luís Correia – Kim do Caranguejo (Progressistas) perdeu para Maninha (PL)

Piripiri - Luiz Menezes (Progressistas) perdeu para Jôve Oliveira (PTB)

Barras – Carlos Monte (PTB) perdeu para Edilson Capote (PSD)

Colônia do Piauí - Lúcia Moura (Progressistas) perdeu para Selindinho (PL)

Colônia do Gurguéia - Doquinha (PT) perdeu para Raimundo José Crispim (MDB)

Miguel Alves - Oliveira Júnior (PT) perdeu para Veim da Fetraf (PL)

Manoel Emídio - Antônio Sobrinho (PSD) perdeu Cláudia Medeiros (MDB)

Itaueira - Patrice Leitão (PTB) perdeu para Dr. Osmundo Andrade (MDB)

Várzea Grande - Regina do Luís Filho (Progressistas) perdeu para Dr. Segundo (Republicanos)

Valença do Piauí - Ceiça Dias (Solidariedade) perdeu para Marcelo Costa (PP)

Barreiras do Piauí – Mauricin (Progressistas) perdeu para Aroldin (PT)

Morro Cabeça no Tempo - Batista (Republicanos) perdeu para Josué (Progressistas)

Juazeiro do Piauí – Zevaldo (PSD) perdeu para Tonho Veríssimo (PT)

Novo Oriente do Piauí - Arnilton Nogueira (Solidariedade) perdeu para Afonso Sobreira (Progressistas)

Milton Brandão - Casa Grande (PT) perdeu para Evangelista Resende (Progressistas)

Prata do Piauí - Neguim Barbosa (PT) perdeu para Neto Mendes (Progressistas)

Paes Landim - Gutemberg Araújo (PT) perdeu para Thalles (Progressistas)

Jerumenha - Aldara Pinto (PSD) perdeu para Júnior Nato (PL)

Gilbués - Léo Matos (MDB) perdeu para Amiltinho (Progressistas)

Cristalândia do Piauí - Ariano Messias (Progressistas) perdeu para Moisés Filho (PTB)

São Lourenço do Piauí - Michelle Cruz (Progressistas) perdeu para Bira (PSD)

Campinas do Piauí – Neim (Republicanos) perdeu para Dr. Jomário (PL)

Barro Duro – Deusdete Lopes (Progressistas) teve a candidatura anulada e perdeu a eleição para Elói (PSD).

Mais conteúdo sobre: