Piauí

Sejus afasta agente que levou detento para sítio particular em Altos

Em entrevista ao GP1, o capitão Dênio Marinho, diretor da Unidade de Administração Penitenciária da Sejus, explicou que foi aberto um Processo Administrativo Disciplinar (DAP), para apurar o caso.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

O secretário estadual de Justiça, Daniel Oliveira, determinou nesta quinta-feira (4), o afastamento cautelar do agente penitenciário Lustosa. Um detento da Unidade de Apoio Prisional Valter Alencar (UAP), localizada em Altos, morreu após o servidor levá-lo, de forma indevida, para capinar em seu sítio.

Em entrevista ao GP1, o capitão Dênio Marinho, diretor da Unidade de Administração Penitenciária da Sejus, explicou que foi aberto um Processo Administrativo Disciplinar (DAP), para apurar o caso. “O secretário deu permissão para serem realizados os procedimentos legais, em virtude da situação vai ser publicado e aberto um processo administrativo. O agente foi afastado e o prazo legal para o processo ser cumprido vai ser de 30 dias”, explicou o capitão.

Ainda de acordo com o capitão Marinho, o agente pode ser expulso, caso seja comprovada a saída irregular do detento para seu sítio particular. “Tudo será esclarecido devido ao processo administrativo que foi aberto e também ao inquérito da Polícia Civil, inclusive, o agente foi levado para a Central de Flagrantes para depor e o inquérito foi instaurado”, ressaltou o capitão.

Entenda o caso

Um detento identificado apenas como Agenor, da Colônia Agrícola Major César, localizada no município de Altos, morreu no Hospital Penitenciário Valter Alencar (HPVA) na tarde dessa quarta-feira (03), por volta das 17h, após sofrer um infarto ao sair de um sítio de um agente penitenciário.

De acordo com Kleiton Holanda, presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), o detento era idoso e por ter sofrido um infarto deveria sido acompanhado devido aos problemas de saúde ao Hospital Penitenciário. “Ele era idoso, ao que tudo indicia sofreu um infarto e morreu em uma situação não confortável quando estava no Hospital Penitenciário, onde deveria estar ocorrendo o acompanhamento e tratamento”, informou Kleiton.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Detento morre após trabalhar em sítio de agente penitenciário em Altos