Monte Alegre do Piauí - PI

Semar apreende mais de 20 aves silvestres em operação no Piauí

Entre os tipos haviam 20 canários da terra, foram encontrados 60 gaiolas, caixas para transporte, armadilha e até uma arara presa em gaiola.

Willyam Ricardo
Teresina
- atualizado

A Secretária de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar) juntamente com a Polícia Militar do Piauí desarticularam na tarde desta segunda-feira (7), um criadouro ilegal de aves silvestres no município de Monte Alegre do Piauí.

Segundo a Semar, foram encontrados 20 canários da terra; cerca de 60 gaiolas; várias caixas para transporte e armadilhas usadas para a captura dos animais. A equipe chegou a ser surpreendida ao se deparar com uma arara presa em gaiola durante a operação.

  • Foto: DivulgaçãoImagem das aves e do material apreendido na operação.Imagem das aves e do material apreendido na operação.

Ainda de acordo com a Semar, o local onde as aves eram abrigadas era desprovido de higiene. Os animais apresentavam indícios de maus tratos, e alguns pássaros foram encontrados mortos. O proprietário do criadouro ilegal se evadiu do local, mas já foi identificado pela polícia e pode responder por crime ambiental.

Segundo o Renato Nogueira, gerente de fiscalização da Semar, essa prática não possui um lugar específico e criadouros ilegais já foram identificados em várias cidades do Piauí, inclusive, em Teresina. “Isso acontece em todo estado do Piauí. A gente já teve ações em São Raimundo Nonato, Curimatá, Corrente, Uruçuí, Sebastião Leal, Barro Duro, Teresina, Parnaíba, Barras. Em todas as regiões do estado, não existe local específico. Nós já realizamos mais de 10 ações esse ano no intuito de coibir essa pratica. Não é permitido capturar animais silvestres para criar, a lei não permite. Qualquer animal silvestre que estiver sendo preso em alguma gaiola, sem a devida autorização legal, é crime”, finalizou.

Mais conteúdo sobre: