Coronavírus no Piauí

Sesapi vai retirar cabines de desinfecção instaladas em prédios públicos

No último dia 6, o Conselho Regional de Medicina publicou um parecer considerando que as cabines causam danos à saúde.

Nathalia Carvalho
Teresina
- atualizado

A Secretaria de Estado do Piauí (Sesapi) informou que vai acatar à recomendação do Ministério Público do Piauí (MP-PI) e desinstalar cabines de desinfecção de pessoas que foram instaladas na entrada de diversos prédios públicos.

A recomendação foi encaminhada por meio da 12ª promotoria de Justiça, que tem como titular o promotor de Justiça Eny Marcos Pontes, no qual solicitou a desinstalação à Sesapi.

No último dia 6 de julho, o Conselho Regional de Medicina do Piauí publicou um parecer e considerou que as estruturas como câmaras, cápsulas, cabines e túneis para desinfecção de pessoas têm potencial para causar danos à saúde.

No Piauí, as cabines foram adotadas para reforçar as medidas preventivas em razão da pandemia de coronavírus. Em ofício enviado ao MP-PI nessa semana, a Sesapi decidiu retirar as cabines, mas não informou a data que isso vai ocorrer.