Teresina - PI

SIMEPI diz que não foi notificado sobre decisão que suspende paralisação

Desse modo, o sindicato alegou que só irá se pronunciar depois que receber a decisão.

Laura Moura
Teresina
- atualizado

O Sindicato dos Médicos do Piauí (SIMEPI) informou que ainda não foi notificado sobre a decisão que suspende a paralisação da categoria que iniciou na última terça-feira (19). A determinação foi do desembargador Edvaldo Moura, do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI).

A decisão foi divulgada nesta quinta-feira (18) onde o desembargador afirmou que “mesmo que esteja suspendendo a paralisação da classe médica isso não significa, de forma alguma, que estou atestando ilegitimidade do pleito da classe médica”.

O desembargador Edvaldo Moura acrescentou ainda que “ocorre que, em razão do juízo de cognição sumária, próprio das tutelas de urgência, e com base no Poder Geral de Cautela, que a lei processual me confere, especialmente nos arts. 297 e 301, do Código de Processo Civil, entendo que há necessidade de sopesar os bens colocados em disputa”.

Desse modo, a entidade alegou que só irá se pronunciar depois que receber a decisão. Por isso, a paralisação permanece até hoje.