Cocal de Telha - PI

Sindicato denuncia prefeita Ana Célia ao Tribunal de Contas

O presidente do sindicato afirmou que os professores não receberam o salário referente ao mês de dezembro de 2018, muito menos o terço de férias e que não existe previsão de pagamento.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

O Sindicato dos Servidores Municipais de Cocal de Telha (Sindsermct), por meio do presidente Raimundo Nonato da Silva, denunciou no dia 12 de fevereiro a prefeita Ana Célia ao Tribunal de Contas de Estado do Piauí (TCE-PI) por atraso no pagamento dos salários e informou que a categoria não irá iniciar o ano letivo. O conselheiro Delano Carneiro da Cunha Câmara é o relator.

O presidente do sindicato afirmou que os professores não receberam o salário referente ao mês de dezembro de 2018, muito menos o terço de férias e que não existe previsão de pagamento. Raimundo Nonato afirmou que encaminhou um ofício para a prefeita e que ela respondeu que “as folhas de pagamento referente a 2018 em aberto somente serão pagas com recursos do FPM e de acordo com a disponibilidade financeira do município”.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Prefeita Ana Célia Prefeita Ana Célia

Ele explicou que essa situação não pode continuar, já que o município está recebendo os recursos para os pagamentos dos valores. Informou ainda que diante dessa situação, a categoria decidiu não iniciar o ano letivo.

“Diante de total descaso da gestora com seus professores a classe decidiu não iniciar o ano letivo de 2019, até que seja quitado todos os débitos salariais referente a 2018. Solicitamos desta augusta Casa, uma solução para que os alunos não percam o ano letivo e os professores que trabalham possam receber seus proventos tendo em vista que necessitam do mesmo para sua subsistência”, disse Raimundo Nonato na denúncia apresentada ao TCE.

Outro lado

A prefeita não foi localizada pelo GP1.