Canto do Buriti - PI

Sindicato denuncia prefeito Marquinhos ao Tribunal de Contas

"Ocorre que o alto valor da folha de pagamento é resultante da grande quantidade de servidores contratados sem concurso e sem qualquer fundamentação legal", disse o denunciante.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Municipal de Ensino de Canto do Buriti, por meio da presidente Joara Valente, ingressou no dia 5 de abril no Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) com denúncia contra o prefeito de Canto do Buriti, Marcos Nunes Chaves, mais conhecido como Marquinhos. A conselheira Waltânia Alvarenga é a relatora.

O sindicato denunciou o prefeito pelo não pagamento do piso nacional do magistério, o que ocorre desde o ano de 2017, e do abono férias referentes a 2017 e 2018, além de citar casos de nepotismo na administração.

  • Foto: Facebook/Marquinhos ChavesPrefeito Marcos Nunes, mais conhecido como MarquinhosPrefeito Marcos Nunes, mais conhecido como Marquinhos

Segundo o denunciante, “como forma de tentar justificar tais ilegalidades, o prefeito municipal alega a impossibilidade de cumprir com tais obrigações em decorrência do município não dispor de receita suficiente para arcar com tais valores salariais. Ocorre que o alto valor da folha de pagamento é resultante da grande quantidade de servidores contratados sem concurso e sem qualquer fundamentação legal".

Denunciou ainda a prática de nepotismo, afirmando que a esposa de Marquinhos é secretária de Saúde, a irmão do prefeito é secretária de Finanças, a prima dele é secretária de Ação Social, a secretária de Administração é prima do prefeito, entre outros casos.

Outro lado

O prefeito não foi localizado peloGP1.