Picos - PI

Sociedade Esportiva de Picos completa 43 anos de fundação

Com o Departamento de Futebol desativado desde maio de 2017, clube de futebol picoense enfrenta série crise.

José Maria Barros
Picos
- atualizado

Enfrentando uma crise sem precedentes em sua história, a Sociedade Esportiva de Picos (Sep), completa nesta sexta-feira, 8 de fevereiro, 43 anos de fundação. Pela passagem da data não haverá qualquer comemoração, nem mesmo de forma discreta como ocorreu em 2017, com corte de bolo no Estádio Municipal Helvídio Nunes de Barros.

Rebaixada para a segunda divisão do futebol profissional piauiense em 2017, a Sep não participa de uma competição organizada pela CBF há nove anos. O Departamento de Futebol do Clube foi desativado há dois anos e desde então a equipe picoense nunca mais disputou uma partida de futebol, nem mesmo um amistoso.

  • Foto: José Maria Barros/GP1Sociedade Esportiva de Picos vive crise sem precedentesSociedade Esportiva de Picos vive crise sem precedentes

A Sociedade Esportiva de Picos é presidida por Rodrigo Lima, conhecido por P2, que nos últimos dias vem sendo pressionado por torcedores para renunciar ao cargo. O cartola resiste e ainda sonha com o retorno do clube a elite do futebol piauiense.

  • Foto: José Maria Barros/GP1Presidente da Sep resiste as pressões e permanece no cargoPresidente da Sep resiste as pressões e permanece no cargo

História

A Sociedade Esportiva de Picos, conhecida como Sep, foi fundada em 08 de fevereiro de 1976. A iniciativa veio de um grupo de amigos que resolveram criar um time para representar a cidade no futebol profissional no estado do Piauí.

No grupo estavam o médico e depois deputado estadual, Warton Santos; Francisco Messias de Oliveira, Waldemar Moura Santos, conhecido como Dr. Waldinho; Dimas Leles, José Cércio de Macedo, Expedito de Sousa Lima, José Cursino, Raimundo Nogueira e Rená Costa. O primeiro presidente da Sociedade Esportiva de Picos foi o comerciante Francisco Messias Oliveira, que depois viria a ser eleito vereador.

  • Foto: Severino Filho - BuimEquipe que conquistou primeiro título da SepEquipe que conquistou primeiro título da Sep

A Sociedade Esportiva de Picos é tetra campeã piauiense da primeira divisão. Os títulos vieram em 1991, 1994, 1997 e 1998. Foi também vice-campeão estadual nos anos de 2008 e 2009 e vice-campeão da Copa Piauí duas vezes, em 2008 e 2009. Campeão da Segunda Divisão em 2007 e vice em 2015.

As principais participações do clube no futebol brasileiro foram em 1992 na Copa do Brasil, diante do Fluminense-RJ, e em 1998 contra o Vasco da Gama-RJ, em pleno Estádio Helvídio Nunes, quando empatou em 1 a 1.

O primeiro treinador da equipe foi Antônio Carlos e, ao longo de 43 anos de história, vários atletas se destacaram no clube, sendo considerado o maior ídolo da Sep o ex-atacante Leonardo Pereira da Silva, falecido em 1º de março de 2016, aos 41 anos de idade.

Além dele, outros atletas prata de casa fizeram história no clube, dentre os quais Fogoió de Zequinha, Torino, Joselito, Pedrinho, Bertino, Nica, Valdinar, Miolinho, Sérgio Luís, Natinho, João Henrique, Chagão, Tino e o goleiro Encarnado.

Mais conteúdo sobre: