Teresina - PI

Supermercados de Teresina continuam vendendo azeites adulterados

Foram encontradas as marcas Pramesa e Beirão, reprovadas em teste de qualidade realizado pela Proteste.

BRUNA DIAS
- atualizado

Sete marcas de azeite extravirgem foram reprovadas em novo teste de qualidade realizado pela Protestepor fraude contra o consumidor. Ao todo 24 produtos foram avaliados, sete eliminados e um não é indicado para compra.

O GP1 esteve em quatro supermercados de Teresina, na manhã desta sexta-feira (24), para verificar se os estabelecimentos continuam comercializando os produtos reprovados no teste. A equipe de reportagem esteve no Bompreço, localizado na Avenida Frei Serafim, no Carvalho Mercadão, na Avenida presidente Kennedy, no Pão de Açucar e Extra, localizados na zona leste da Capital.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Azeite de Oliva PramesaAzeite de Oliva Pramesa

Foi encontrada no estabelecimento do Carvalho Mercadão a marca Pramesa (reincidente), que segundo a avaliação da Proteste, não tem apenas gordura proveniente da azeitona (o que a classifica como extravirgem). Já a marca Beirão, que foi classificada como virgem, contradizendo a informação que consta no rótulo [extravirgem], foi encontrada nas gôndolas do supermercado Bompreço. Neste caso, de acordo com a Proteste, a compra não é recomendada aos consumidores.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Azeite de Oliva Beirão, supermercado Hiper Bompreço Azeite de Oliva Beirão, supermercado  Bompreço

Carvalho Mercadão

Procurada pelo GP1 na tarde desta sexta-feira (24), a assessoria de comunicação do Comercial Carvalho preferiu não se posicionar sobre o assunto.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Azeite de Oliva Pramesa, Comercial Carvalho da Presidente Kennedy Azeite de Oliva Pramesa, Comercial Carvalho da Presidente Kennedy

Bompreço

Nenhum representante do Supermercado Bompreço foi localizado para comentar a comercialização dos produtos da marca reprovada pelo teste. 

  • Foto: Lucas Dias/GP1Azeite de Oliva Beirão, supermercado Hiper BompreçoAzeite de Oliva Beirão, supermercado Bompreço

Nos supermercados Extra, na Avenida Presidente Kennedy, e Pão de Açucar, na Homero Castelo Branco, não foram encontradas nenhuma das marcas citadas pela Proteste.